• INÍCIO
  • CONTATO
  • MÍDIA KIT
  • ANUNCIE NO BLOG
  • COMENTÁRIOS
  • MAPA DO BLOG
  • sexta-feira, 11 de setembro de 2015

    Começa a convocação para a segunda dose da vacinação contra o HPV

    Público-alvo são meninas de nove anos

    As meninas que tomaram a primeira dose da vacina contra o Papiloma Vírus Humano (HPV) em março deverão procurar as unidades de saúde para tomar a segunda dose agora em setembro. Quem pertence ao público-alvo e ainda não tomou a primeira dose também deve procurar as salas de vacina. O intervalo entre a primeira e a segunda dose deve ser de 180 dias. Já a terceira dose é aplicada 60 meses após a primeira.

    Neste ano, o público-alvo são meninas de nove anos de idade, que correspondem a 21.156 meninas residentes no Distrito Federal. De janeiro até o final de agosto somente 7.644 crianças desse grupo procuraram as unidades para receber a vacina contra o HPV.

    Desde o ano passado, a vacinação contra o Papiloma Vírus Humano (HPV), usada na prevenção do câncer do colo do útero, está disponível em todas as salas de vacinação do Distrito Federal, pois passou a fazer parte do calendário vacinal do Ministério da Saúde. No entanto, nos meses de março e setembro é realizada uma convocação nacional para que meninas que pertencem ao público-alvo da campanha possam comparecer às unidades de saúde e completarem o seu esquema vacinal.

    "O impacto da vacinação, em termos de saúde coletiva, só se dá pelo alcance de altas coberturas vacinais. Portanto, para se alcançar o objetivo de reduzir a incidência do câncer do colo de útero nas próximas décadas é importante iniciar e completar o esquema de vacinação recomendado pelo Ministério da saúde”, informa a chefe do Núcleo de Imunização da Secretaria de Saúde do DF, Eudóxia Rosa Dantas.

    Mulheres portadoras do vírus HIV, com idade entre 9 e 26 anos, também devem tomar a vacina contra o HPV. Para este público, a vacinação é disponibilizada nos Centros de Referência para Imunobiológicos Especiais (CRIE), mediante a apresentação de prescrição médica.

    CÂNCER DO COLO DO ÚTERO O câncer do colo do útero é o terceiro tipo de câncer que mais mata mulheres no Brasil, atrás apenas do de mama e de brônquios e pulmões. O número de mortes por câncer do colo do útero no país aumentou 28,6% em 10 anos, passando de 4.091 óbitos, em 2002, para 5.264, em 2012, de acordo com o Atlas de Mortalidade por Câncer no Brasil, publicação do Ministério da Saúde e do Instituto Nacional do Câncer (Inca).

    O HPV é um vírus transmitido pelo contato direto com pele ou mucosas infectadas por meio de relação sexual. Também pode ser transmitido da mãe para filho no momento do parto. Estimativas da Organização Mundial da Saúde indicam que 290 milhões de mulheres no mundo são portadoras da doença, sendo 32% infectadas pelos tipos 16 e 18.  Em relação ao câncer do colo do útero, estudos apontam que 270 mil mulheres, no mundo, morrem devido à doença. Neste ano, o Instituto Nacional do Câncer estima o surgimento de 15 mil novos casos.


    Nenhum comentário:

    Postar um comentário

    imagem-logo
    © Blog do CHIQUINHO DORNAS 2012/2016 Todos os direitos reservados.