• INÍCIO
  • CONTATO
  • MÍDIA KIT
  • ANUNCIE NO BLOG
  • COMENTÁRIOS
  • MAPA DO BLOG
  • sábado, 26 de setembro de 2015

    Contribuintes devem atualizar sistema de autorização da NF-e até 1º de outubro

    Contribuintes devem atualizar sistema de autorização da NF-e até 1º de outubro
    Empresa que não realizar o procedimento ficará impedida de emitir a nota fiscal eletrônica. Mais de 4 mil negócios estão nessa situação.
    Cerca de quatro mil empresas em todo o Distrito Federal ainda não atualizaram o ambiente de autorização de documentos fiscais eletrônicos (NF-e, NFC-e, CT-e e MDF-e). O prazo final para o procedimento termina em 1º de outubro de 2015, quando aqueles que ainda não realizarem a mudança ficarão impedidos de emitir documentos fiscais em Brasília. O DF possui aproximadamente 9.847 mil empresas que utilizam obrigatoriamente a emissão.
    Para efetivar a atualização, basta o contribuinte acessar www.fazenda.df.gov.br e clicar em “Nota Fiscal Eletrônica”, e depois em “Novo Autorizador”. Lá, constará a relação de Web Services com links específicos para cada modelo de emissor/ tipo de negócio (ver  http://goo.gl/l5Lgwx) .

     Além de não conseguir emitir as notas fiscais, todos os demais serviços oferecidos pela plataforma como consulta de informações, cancelamentos diversos, carta de correção eletrônica, inutilização de faixa de numeração e a confirmação da operação comercial serão paralisados.

    O novo sistema é ágil e oferece uma série de recursos para facilitar a vida dos empresários, contando com todos os parâmetros necessários à adequação. De acordo com Cleiton Batista Gonçalves, da Gerência de Tributos Indiretos da Secretaria de Fazenda, dentre os ganhos também se pode destacar a disponibilidade.

    “Toda essa evolução tecnológica garante uma plataforma mais estável, o que proporciona segurança nas operações e a oferta continua dos serviços, sem interrupções. Isso evita atrasos nas operações comerciais das empresas”, concluiu Cleiton.

     Nota Fiscal Eletrônica
     Os benefícios do uso da Nota Fiscal Eletrônica são percebidos de imediato na empresa. Dentre as tantas vantagens oferecidas pelo sistema, pode-se destacar a redução de custos com impressão, armazenamento do documento físico e gastos gerais relacionados ao transporte e pesquisa de informações fiscais.
     Quem recebe o documento também enxerga o formato como um grande aliado para o aumento da produtividade nas empresas, pois com o volume de informações recebidas pelo comércio de forma antecipada ajudam no planejamento do recebimento da carga como logística da mercadoria para o cliente final e a administração das rotinas tributárias da companhia.

    Em relação ao fisco, a obrigatoriedade da empresa submeter os documentos fiscais emitidos ao sistema autorizador de Nota Fiscal Eletrônica garante a efetiva tributação das mercadorias comercializadas em todo o território nacional.


    Nenhum comentário:

    Postar um comentário

    imagem-logo
    © Blog do CHIQUINHO DORNAS 2012/2016 Todos os direitos reservados.