• INÍCIO
  • CONTATO
  • MÍDIA KIT
  • ANUNCIE NO BLOG
  • COMENTÁRIOS
  • MAPA DO BLOG
  • segunda-feira, 21 de setembro de 2015

    #Sebrae: Mutirão para fortalecer os pequenos negócios

    O ano de 2015 tem sido de grandes desafios para os empreendedores. As dificuldades na economia exigem dos empresários gestão ainda mais eficiente do negócio para permanecer e crescer no mercado. Mais do que nunca, é hora de melhorar o desempenho, cortar custos, garantir bom atendimento e inovar.

    Por isso, o Sebrae inicia hoje a maior ação de capacitação de pequenos negócios que já promoveu no país. Até o próximo dia 26, microempreendedores individuais (MEI), donos de microempresas, de pequenas empresas e de propriedades rurais terão oportunidade única para aperfeiçoar a gestão do negócio e ganhar mais competitividade no mercado em tempos de economia desaquecida.

    Intensa agenda de capacitações gratuitas será oferecida aos empreendedores, aqui no Distrito Federal e nos 26 estados, sobre temas estratégicos para a boa gestão do negócio — em especial sobre vendas e finanças. Essenciais em qualquer época, elas ganham uma relevância muito maior em um cenário econômico difícil para o mercado.

    A semana de capacitação faz parte do Movimento Compre do Pequeno Negócio, uma iniciativa que o Sebrae lidera perante a sociedade para estimular o consumo nos pequenos negócios. O marco do movimento é o próximo dia 5 de outubro, que queremos que se torne data anual forte no varejo brasileiro em homenagem a esses empreendimentos. Um dia para priorizar e incentivar os pequenos negócios que fazem parte do dia a dia dos cidadãos.

    O fortalecimento dos pequenos negócios, que representam 95% do total de empresas brasileiras e respondem por 27% do PIB, é uma saída para a recuperação da economia. O Brasil não sairá da crise nem se tornará país mais desenvolvido se não levar em consideração os pequenos negócios. Eles desempenham papel social fundamental: geram mais da metade dos empregos formais do país, o que garante salário a 17 milhões de trabalhadores com carteira assinada.

    Mesmo em ano de dificuldades, como 2015, os pequenos negócios continuam criando vagas de trabalho. No primeiro semestre deste ano, eles proporcionaram mais de 116 mil empregos, enquanto, nas médias e grandes empresas, houve 476 mil demissões. Então, é importante o consumidor compreender o poder que empresas, como os mercadinhos, as padarias, as floriculturas e muitas outras, têm de dinamizar as economias local e nacional.

    Quando o consumidor prioriza comprar em uma pequena empresa, ele faz com que o dinheiro circule pela região, favorecendo novas oportunidades de desenvolvimento, e ajuda o negócio a se tornar mais competitivo, a investir mais em inovação e qualidade de seus produtos e serviços. Mais fortalecido, o negócio aumenta seu potencial de contratação, gerando mais emprego e renda. É um efeito dominó positivo para todos.

    Mas não adianta o consumidor querer priorizar o pequeno negócio se ele não está preparado para atender às expectativas do cliente. Sabemos que consumidores satisfeitos voltam — e recomendam o local para outras pessoas. Não é esse reconhecimento que todo empresário deseja? Ainda mais em tempos de crise, quando as pessoas ficam muito mais seletivas em relação ao que comprar e onde comprar. Logo, é fundamental o empreendedor ser proativo e trabalhar para melhorar a gestão, o que vai facilitar a conquista de mais clientes.

    Durante essa semana de capacitação, o Sebrae vai promover grande mutirão em diferentes regiões para apoiar os pequenos negócios do Distrito Federal. Serão 10 mil vagas para os empreendedores participarem de oficinas e palestras sobre temas como finanças, vendas, sustentabilidade, marketing, e-commerce e inovação. Serão montadas tendas para atendimento em Brazlândia, Ceilândia, Gama, Planaltina, São Sebastião e Taguatinga. As unidades móveis estarão nos Guará I e II, Recanto das Emas, Santa Maria, Samambaia e Itapoã. Também haverá atividades na Sala do Empreendedor em Sobradinho, na sede do Sebrae no DF e nos prédios do Sebrae Nacional nas asas Sul e Norte.

    Ao descentralizar o atendimento, o Sebrae quer facilitar o acesso, ao empreendedor, de capacitações essenciais para sua empresa. A programação de todas as atividades está disponível no portal do Sebrae no Distrito Federal (www.df.sebrae.com.br), onde as inscrições também podem ser feitas. Pode ter certeza de que a recuperação da economia, que todos desejamos, está associada ao desempenho dos pequenos negócios brasileiros — o que depende tanto da valorização desse segmento pelo consumidor, quanto da iniciativa do empresário de se capacitar. Os empreendedores podem contar conosco nesse desafio e não deixem de aproveitar as muitas oportunidades para isso nesta semana.


    Por: Luiz Barretto – Presidente do Sebrae Nacional – Fonte: Correio Braziliense - Foto/Ilustração Google/Blog

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário

    imagem-logo
    © Blog do CHIQUINHO DORNAS 2012/2016 Todos os direitos reservados.