• INÍCIO
  • CONTATO
  • MÍDIA KIT
  • ANUNCIE NO BLOG
  • COMENTÁRIOS
  • MAPA DO BLOG
  • terça-feira, 8 de setembro de 2015

    STF SE DIVIDE SOBRE A MUDANÇA NA LEI SOBRE DROGAS

    Segundo a colunista Mônica Bergamo, de acordo com um dos mais antigos magistrados do STF, já está sendo formada maioria para manter o consumo de drogas como crime, ainda que o usuário não vá preso; ele prevê um placar de pelo menos seis votos pela manutenção da lei, podendo chegar a até oito votos

    A aprovação da descriminalização das drogas no Supremo Tribunal Federal, que parecia certa há alguns dias, pode agora não passar pelo crivo dos ministros. É o que sinaliza a colunista Mônica Bergamo.
    ‘De acordo com um dos mais antigos magistrados do STF, já está sendo formada maioria para manter o consumo de drogas como crime, ainda que o usuário não vá preso. Ele prevê um placar de pelo menos seis votos pela manutenção da lei, podendo chegar a até oito votos’, diz a nota.
    Outros magistrados admitiram que o STF está dividido sobre o assunto. Entre os que defendem a descriminalização estão o relator, Gilmar Mendes, Dias Toffoli e o ministro Luís Roberto Barroso. Teori Zavaski e Celso de Mello poderiam acompanhá-los.

    Na outra ponta, destaca-se Marco Aurélio de Mello e possivelmente Luiz Fux (leia mais).

    Fonte: Portal 247

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário

    imagem-logo
    © Blog do CHIQUINHO DORNAS 2012/2016 Todos os direitos reservados.