• INÍCIO
  • CONTATO
  • MÍDIA KIT
  • ANUNCIE NO BLOG
  • COMENTÁRIOS
  • MAPA DO BLOG
  • sexta-feira, 6 de novembro de 2015

    #CORAÇÃO » Roriz está na UTI

    A equipe médica que atendeu Joaquim Roriz diagnosticou isquemia cardíaca

    O ex-governador do Distrito Federal sentiu-se mal em casa e passou ontem à noite por um cataterismo no Hospital do Coração do Brasil

    Governador do Distrito Federal por quatro mandatos, Joaquim Roriz, 79 anos, foi internado, ontem, na unidade de terapia intensiva (UTI) do Hospital do Coração do Brasil. O ex-chefe do Executivo local passou mal e chegou a ser atendido em casa, no Park Way, antes de ser encaminhado para a unidade de saúde, onde se diagnosticou uma isquemia cardíaca, ou seja, uma diminuição da passagem de sangue pelas artérias coronárias. Roriz passou por um cateterismo ontem à noite. Até o fechamento desta edição, o quadro dele era estável. Não havia sido detectada uma obstrução grave.

    Há anos Roriz enfrenta problemas de saúde. Ele sofre de insuficiência renal e passa por sessões diárias de hemodiálise. Além disso, três anos atrás teve de implantar três pontes de safena. Roriz tem dificuldade para caminhar. Em distâncias maiores, precisa usar cadeira de rodas como aconteceu nas duas aparições públicas feitas neste ano. A primeira foi na missa de aniversário de uma das filhas, a deputada distrital Liliane, em abril; a outra ocorreu no dia em que ele recebeu da Câmara Legislativa o título de cidadão honorário, em agosto, quando leu com dificuldade um pequeno discurso.

    Aposentado da política desde 2010, quando retirou a candidatura ao Buriti ameaçado pela Lei da Ficha Limpa, Roriz segue influente na política local. Na última eleição, porém, perdeu força com o resultado das urnas: dos oito candidatos que concorreram com seu sobrenome, apenas Liliane se elegeu. Na disputa pelo GDF, ele declarou apoio a Jofran Frejat (PR), que acabou derrotado por Rodrigo Rollemberg (PSB).

    A outra filha atuante na política, Jaqueline, queria, em 2014, se reeleger deputada federal. Às vésperas da eleição, porém, acabou condenada por improbidade administrativa pelo Tribunal de Justiça do DF e dos Territórios por envolvimento na Operação Caixa de Pandora e teve a candidatura barrada pela Lei da Ficha Limpa. Impedida de concorrer, Jaqueline foi substituída pelo filho, Joaquim Roriz Neto, 22 anos. O jovem conseguiu 29,4 mil votos, o 14º mais votado.

    Para saber mais - Exame emergencial
    O cateterismo serve para identificar a existência, a localização e a gravidade de obstruções nas artérias do coração. O procedimento, geralmente aplicado de forma emergencial em casos de infarto agudo, demora menos de uma hora. No exame, um cateter é inserido por um vaso sanguíneo na região da virilha, do punho ou do antebraço do paciente e guiado até o coração com monitoramento feito por meio de um equipamento de radiografia. Em seguida, as imagens do interior das veias são encaminhadas para o médico responsável.

    Fonte: Matheus Teixeira – Correio Braziliense – Foto: Livio de Araújo/ Divulgação

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário

    imagem-logo
    © Blog do CHIQUINHO DORNAS 2012/2016 Todos os direitos reservados.