• INÍCIO
  • CONTATO
  • MÍDIA KIT
  • ANUNCIE NO BLOG
  • COMENTÁRIOS
  • MAPA DO BLOG
  • domingo, 22 de novembro de 2015

    Mantra trama - ( 3º Congresso da Juventude do PT )

                                     
                                   Lula convocada juventude a participar da política- Sheyla Leal/ObritoNews/Fato Online

    Depois de duas entrevistas arranjadas para sair das cordas e do ringue que construiu para si e para seu partido, o ex-presidente Lula — sempre ele — voltou a carga e se mostrou como ele realmente é: manipulador e arauto da confusão. Em palestra durante o 3º Congresso da Juventude do PT, Lula soltou mais uma pérola esfumaçada: “Temos que ajudar a companheira Dilma a sair da encalacrada que a oposição nos colocou depois das eleições”. Na frase, dita sem corar o rosto, existe uma porcentagem de aproximadamente 50% de verdade, quando considera que Dilma está numa encalacrada e precisa sair dela. Agora, dizer que foi a oposição que levou a presidente mais impopular da história a essa situação é, no mínimo, desonesto e destrói o restante da afirmação. Diz o filósofo de Mondubim que quanto maior a língua, menores são as ideias de que a põem em movimento.

    Lula é mestre em esconder jabutis na viola rumo ao céu. Um dos exemplos é esse, quando afirma para jovens petistas que, por não reconhecer a derrota nas urnas, a oposição empurrou a presidente Dilma e seu governo para a maior crise já vista neste país. Em sua pregação ilusória país afora, Lula tem criticado todos aqueles que acreditam que o PT acabou como partido. Pode ser que sim, mas pode ser que não. O andamento das investigações feitas pela Polícia Federal e pelo Ministério Público dirá a que ponto chegou a distribuição de propinas transformadas não em “recursos não contabilizados”, como se afirmava durante o escândalo passado do mensalão, mas em “doações legais, devidamente registradas na Justiça eleitoral”.

    A vocalização dos mantras, criados pelos budistas, para a elevação do espírito durante o ato de meditação, foi transformada nesse partido em tática de convencimento. Uma mentira repetida mil vezes torna-se verdade, ensinou o ministro da propaganda nazista Joseph Goebbels. Fato é que Lula não nutre interesse algum por qualquer acontecimento ou pessoa fora do âmbito de seu enorme ego. A preocupação que se esconde por trás da preocupação com possível cassação do registro do partido que fundou e afundou é que, com o desaparecimento da legenda, Lula perde seu teto e seu chão, fica nu e corre o risco de ser visto como realmente é: uma grande mentira com uma grande língua comprida.

    ***

    » A frase que não foi pronunciada:
     “Uma lição vai ficar. O PT não governa, encena.”
    (Militante enrolando a bandeira na porta do Dulcina.)

    Por: Circe Cunha – Coluna: “Visto, lido e ouvido” – Ari Cunha – Correio Braziliense – Foto/Ilustração: Blog - Google





    Nenhum comentário:

    Postar um comentário

    imagem-logo
    © Blog do CHIQUINHO DORNAS 2012/2016 Todos os direitos reservados.