• INÍCIO
  • CONTATO
  • MÍDIA KIT
  • ANUNCIE NO BLOG
  • COMENTÁRIOS
  • MAPA DO BLOG
  • quarta-feira, 11 de novembro de 2015

    Saúde Pública do DF ganhará seu primeiro aparelho de eletroencefalograma

    Um paciente se prepara para um EEG - eletroencefalograma (EEG, sigla em inglês),

    Equipamento é essencial para diagnósticos de epilepsia

    A rede de saúde pública do Distrito Federal vai ganhar o primeiro aparelho de eletroencefalograma (EEG) no início do próximo ano. O equipamento, essencial para diagnósticos de epilepsia, chegará por meio de doação feita por empresa privada. O anúncio foi feito em reunião realizada nesta segunda-feira (9) com a secretária adjunta, Eliene Berg, o representante da empresa, Anderson Lopes, e o deputado distrital, Rodrigo Delmasso (PTN).

    “Essa doação vai proporcionar um atendimento para pessoas portadoras de epilepsia com um diagnóstico mais seguro, podendo definir uma conduta de tratamento específico para cada caso. Isso implicará em melhor qualidade de vida aos portadores dessa patologia”, observou a secretária adjunta.

    O primeiro passo para a chegada do equipamento é o projeto de engenharia clínica. Segundo Anderson Lopes, representante da empresa que está doando o EEG, a fabricante enviará equipe para analisar o melhor ambiente para instalar o aparelho. Informações preliminares dão conta de que o Hospital de Base deverá ser o contemplado. “O equipamento é feito sob encomenda e demora cerca de 45 dias para chegar. Mas, para recebe-lo, precisamos já ter o local correto para sua instalação”, informou Lopes.

    REFORÇO Além do equipamento doado nesta segunda-feira, a Secretaria de Saúde recebeu R$ 650 mil de emenda parlamentar do deputado Rodrigo Delmasso (PTN) para compra de outros dois aparelhos de EEG.

    Segundo o parlamentar, esse reforço será importante para pacientes que necessitam do tratamento na rede pública e hoje precisam buscar atendimento em outros estados, como Goiânia e Ribeirão Preto. “Esse exame é primordial da prévia da cirurgia de epilepsia. Vários pacientes podem ser curados após o procedimento cirúrgico”, observou Delmasso.

    Atualmente, 60 mil pessoas têm epilepsia no Distrito Federal e Região Metropolitana.




    Foto/Ilustração: Blog - Google

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário

    imagem-logo
    © Blog do CHIQUINHO DORNAS 2012/2016 Todos os direitos reservados.