• INÍCIO
  • CONTATO
  • MÍDIA KIT
  • ANUNCIE NO BLOG
  • COMENTÁRIOS
  • MAPA DO BLOG
  • domingo, 6 de dezembro de 2015

    #CASOFIFA » Vaga de idoso vira motivo de queda de braço na CBF

    Vice-presidente da CBF pela Região Sul e desafeto do mandatário licenciado, Marco Polo Del Nero, Delfim de Pádua Peixoto aposta no silêncio e na celeridade do Comitê de Ética da Fifa para assumir a entidade nacional, nos próximos dias, no lugar do interino, o deputado federal Marcus Vicente (PP-ES).


    Delfim Pádua Peixoto discorda das novas ações da presidência da CBF (Foto: Marcelo Silva) 
    Em entrevista por telefone, Delfim Peixoto se esforçou para não tecer comentários sobre a tentativa de manobra política de Marcus Vicente para evitar que ele assuma a CBF se a Fifa afastar Del Nero. Vice da entidade pela Região Centro-Oeste, o capixaba assumiu o poder na quinta-feira, depois que o presidente pediu 150 dias de licença para se defender das denúncias de corrupção feitas por FBI e Justiça dos EUA.

    Em outra vertente, numa reunião na sexta-feira, 23 das 27 federações lançaram a candidatura do coronel Antonio Carlos Nunes de Lima, da Federação Paraense, ao cargo de vice da CBF. Se for eleito no próximo dia 16, ele assumirá a vaga de José Maria Marin, que cumpre prisão domiciliar em Nova York.

    Segundo o estatuto da CBF, em caso de renúncia ou de impedimento do presidente, quem assume a entidade é o vice mais velho. Nesse caso, o cargo ficaria com Delfim Peixoto, 74 anos, mais antigo do que Marcus Vicente e Fernando Sarney. Se o coronel Nunes, 77, for eleito, passará a ser o mais velho na linha sucessória, desbancando Delfim Peixoto.

    Questionado sobre a manobra, Delfim Peixoto foi econômico. “Estou cego, surdo e mudo. Não vou perder as estribeiras neste momento. Vamos aguardar pela decisão do Comitê de Ética da Fifa. Se eles decidiram rapidamente sobre os casos da Conmebol e da Concacaf, não vão demorar a dar um parecer sobre a CBF”, confia. O grupo de Del Nero corre contra o tempo para emplacar o coronel Nunes antes do posicionamento da Fifa. A tendência é que a entidade impeça Del Nero de seguir no cargo.

    Já o coronel Nunes surpreendeu ao falar praticamente como novo vice da CBF. “Sou candidato lançado pelas federações para ocupar a vaga com a saída do José Marin.” Ao ser perguntado sobre Delfim Peixoto, foi rápido no gatilho: “O mais idoso é o coronel Nunes, 77 anos. O amigo Delfim tem 74 anos.”

    Na sexta-feira à noite, em mais um desdobramento das investigações na Fifa, o ex-presidente da Federação Peruana Manuel Burga foi detido em Lima sob suspeita de corrupção. A prisão ocorreu em cumprimento à ordem de captura internacional emitida pela Justiça norte-americana.

    Por: Marcos Paulo Lima – Foto/Ilustração: Blog – Google – Fonte: Correio Braziliense

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário

    imagem-logo
    © Blog do CHIQUINHO DORNAS 2012/2016 Todos os direitos reservados.