• INÍCIO
  • CONTATO
  • MÍDIA KIT
  • ANUNCIE NO BLOG
  • COMENTÁRIOS
  • MAPA DO BLOG
  • terça-feira, 8 de dezembro de 2015

    #CLDF » Indiciamentos na rota da CPI

    A CPI do Transporte apura possíveis irregularidades na licitação de R$ 7,8 bilhões realizada no governo anterior

    Investigação sobre a polêmica licitação do transporte público caminha para a denúncia de alguns dos envolvidos em supostas fraudes no processo. Os distritais devem encaminhar hoje ao governador Rollemberg carta com detalhes da apuração

    Finalmente, a CPI aberta para investigar o processo de renovação da frota de ônibus do Distrito Federal avança. Um dos passos deve ser o pedido de indiciamento de Sacha Reck, acusado de comandar a licitação enquanto advogava para empresas vencedoras; do ex-presidente da Comissão de Licitação, Galeno Furtado Monte; e do ex-secretário de Transporte José Walter Vázquez. A licitação custou R$ 7,8 bilões.

    Além dos possíveis indiciamentos, os distritais devem entregar hoje uma carta com recomendações para o governador Rodrigo Rollemberg (PSB), com base nas apurações. Do documento, consta uma suposta desigualdade nos repasses feitos pelo Governo do Distrito Federal (GDF) às empresas de transporte em operação na capital. O texto aponta atrasos para todas as companhias, exceto a Viação Pioneira, um dos principais alvos da CPI. Outro fator apontado são erros em pagamentos de passagens para deficientes, que, caso sanado, fariam o Executivo local economizar cerca de R$ 5 milhões por ano.

    A carta deveria ser entregue a Rollemberg ontem, mas os deputados não chegaram a um consenso. “Estamos ajustando as redações”, sintetizou Raimundo Ribeiro (PSDB), relator da CPI do Transporte. O presidente da comissão, Bispo Renato Andrade (PR), afirmou que é muito incisivo nas colocações; por isso, o atraso no envio do documento ao governador. Para Ricardo Vale (PT), no entanto, “levantam-se ilações que carecem de provas, não há elementos para aprovar essa carta”.

    O secretário de Mobilidade, Marcos Dantas, negou que haja favorecimento a alguma operadora de ônibus local. Em nota, a Associação das Empresas Brasilienses de Transporte Urbano de Passageiro (Abratup) reforçou que o repasse é feito no mesmo dia para cada uma das cinco companhias em atuação no Distrito Federal. 

    Casamento
    Nas investigações da CPI do Transporte da Câmara, chama a atenção o nome de Luiz Fernando Messina, ex-subsecretário de Políticas de Transporte e Trânsito. Ele é um dos investigados e prestou depoimento durante os trabalhos da Casa. Hoje assessor de Rodrigo Delmasso (PTN), suplente da Comissão, Messina promoveu um luxuoso casamento no Copacabana Palace, no Rio de Janeiro, para o filho. O evento ocorreu no último fim de semana.

    Integraram a seleta lista de convidados nomes conhecidos da política local. A presidente e a vice da Câmara Legislativa — Celina Leão (PDT), autora da CPI, e Liliane Roriz (PRTB), respectivamente — estiveram presentes. Filippelli não ficou de fora, assim como o conselheiro do Tribunal de Contas do Distrito Federal Manoel de Andrade Neto, o Manoelzinho do Táxi. O ex-senador Gim Argello (PRTB), o ex-presidente da Câmara Legislativa Leonardo Prudente, o presidente da Fecomércio, Adelmir Santana e o secretário adjunto de Relações Institucionais do DF, Igor Tokarski, também compareceram à festa.
    Pressão por “CPI da Agefis”
    Sobrou tensão na audiência pública realizada na tarde de ontem para debater as derrubadas da Agência de Fiscalização (Agefis). Moradores de invasões que sofreram ações de derrubada do órgão, como ocupantes de Vicente Pires e do Condomínio Sol Nascente, em Ceilândia, compareceram ao auditório da Câmara Legislativa para exigir uma CPI da Agefis. Não faltaram críticas à presidente da Agefis, Bruna Pinheiro, que estava presente na Casa. Apesar da pressão dos próprios distritais e da plateia, ela afirmou que “Brasília não pode mais crescer, pois o desordenamento é fruto de invasões”. Reiterou que as demolições “não vão parar”. O deputado Ricardo Vale (PT) é o autor do requerimento para a realização da audiência.

    Fonte: Guilherme Pera – Foto: Breno Fortes/CB/D.A.Press – Correio Braziliense 

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário

    imagem-logo
    © Blog do CHIQUINHO DORNAS 2012/2016 Todos os direitos reservados.