• INÍCIO
  • CONTATO
  • MÍDIA KIT
  • ANUNCIE NO BLOG
  • COMENTÁRIOS
  • MAPA DO BLOG
  • quinta-feira, 10 de dezembro de 2015

    FOOD TRUCKS » Setor comemora legalidade

                      A estimativa é de que existam 150 food trucks no Distrito Federal

    Representantes do comércio sobre rodas acreditam que a sanção do projeto pelo governador garantirá qualidade da comida e abrirá vagas

    O segmento de food truck comemorou ontem a aprovação do projeto de lei que regulamenta a utilização de áreas públicas para o comércio de alimentos em veículos no Distrito Federal. A proposta, que passou em segundo turno na Câmara Legislativa, aguarda sanção do governador Rodrigo Rollemberg — ele tem 90 dias para apreciá-la. Apresentada pelo distrital Bispo Renato Andrade (PR), a matéria havia sido vetada pelo Executivo em setembro passado, sob a justificativa de não agradar todas as partes envolvidas.

    Entre as alterações que resultaram no novo PL, estão dispositivos que definem critérios do ponto de vista sanitário e diferenciam a atividade do ramo de quiosques, trailers e barraquinhas de cachorro-quente. No ramo há cerca de oito meses, Hélcio Cavalhero, 38 anos, afirma que a definição da proposta, além de acabar com insegurança jurídica no setor, dará garantias ao consumidor, que terá à disposição produtos de qualidade. Com a regulamentação da atividade, o empresário, que conta com três ajudantes, planeja aumentar em 50% o quadro de funcionários e investir em serviço de entrega. “Estou bem esperançoso, pois agora poderemos atuar com uma legislação específica”, explica.

    O secretário adjunto do Trabalho, Thiago Jarjour, diz ter plena certeza de que o projeto será sancionado por Rollemberg, pois a construção da proposta ocorreu em sintonia com o Executivo. Para ele, um dos principais avanços do projeto garante que, a partir da regulamentação, trabalhadores terão assegurados direitos e deveres. A previsão do distrital Bispo Renato Andrade é enviar o texto final do PL ao Buriti até a o início da próxima semana. “A nossa expectativa é de que seja regulamentado ainda neste ano”, diz o autor da proposição. Segundo a Associação Brasiliense de Food Trucks, há, hoje, cerca de 150 comércios do tipo no DF.


    Fonte: Alexandre Santos –Especial para o Correio Braziliense – Foto: Minervino Junior/CB/D.A.Press


    Nenhum comentário:

    Postar um comentário

    imagem-logo
    © Blog do CHIQUINHO DORNAS 2012/2016 Todos os direitos reservados.