• INÍCIO
  • CONTATO
  • MÍDIA KIT
  • ANUNCIE NO BLOG
  • COMENTÁRIOS
  • MAPA DO BLOG
  • sexta-feira, 22 de janeiro de 2016

    A nova pista do Parque da Cidade já tem 85% da obra concluídos

    Separação da pista atende ao pedido da população para maior segurança dos pedestres

    O Parque da Cidade Dona Sarah Kubitschek ganhou nova pista e, a partir da inauguração, ficarão pedestres de um lado e bicicletas, patinetes, patins, skates e afins do outro. As pistas formarão dois circuitos, ambos com cerca de 10 quilômetros: um externo, constituído em grande parte pelo novo trajeto que será usado para caminhada e corrida; e outro interno, com trechos da antiga pista, destinado aos veículos.

    De acordo com o secretário-adjunto de Turismo, da Secretaria de Economia, Desenvolvimento Sustentável e Turismo, Jaime Recena, responsável por cuidar do parque, a separação é um pedido antigo dos usuários da área verde, pois já aconteceram vários acidentes, principalmente entre ciclistas e corredores. Nas pontes sobre o lago artificial — entre o estacionamento 3 e a Praça das Fontes — o uso continuará misto.
    Os reparos estão 85% concluídos. Depois da construção do novo percurso, com 10 quilômetros, e dos consertos nos cerca de 10 quilômetros do trajeto antigo, o serviço entra na fase final. A pista mais velha será coberta com malha asfáltica para correção de imperfeições e desníveis, e ambas receberão pintura lateral e plantio de gramado. 
    Recena esclarece que é preciso aguardar o período de estiagem para a conclusão da obra, para que o governo não gaste dinheiro público desnecessariamente: "A tinta precisa de um tempo para secagem, e o asfalto correria o risco de ceder, ou seja, dias depois teríamos que refazer o trabalho".
    Em setembro do ano passado, quando a revitalização da pista foi retomada — após readequação no projeto —, o término foi previsto para até 31 de dezembro. Entretanto, as chuvas não permitiram aplicar a camada de asfalto nem pintar a lateral das pistas.
    Embora o novo trajeto — o dos pedestres e corredores — não esteja interditado, a administração do parque recomenda que os visitantes não o utilizem. "Ainda temos restos de obra em vários pontos, e eles podem causar risco à integridade física das pessoas", alerta o administrador do parque, Alexandro Ribeiro.

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário

    imagem-logo
    © Blog do CHIQUINHO DORNAS 2012/2016 Todos os direitos reservados.