• INÍCIO
  • CONTATO
  • MÍDIA KIT
  • ANUNCIE NO BLOG
  • COMENTÁRIOS
  • MAPA DO BLOG
  • domingo, 14 de fevereiro de 2016

    #BRASÍLIADF: 152 unidades escolares passam por manutenção e reparos

                             Centro de Ensino Fundamental 12, em Ceilândia

    Objetivo do trabalho é assegurar condições mínimas para funcionamento dos espaços

    Cento e cinquenta e duas unidades educacionais da rede pública de ensino do Distrito Federal passam por manutenção e reparos. Os trabalhos são feitos por nove empresas contratadas por meio de licitação pela Secretaria de Educação, Esporte e Lazer e contemplam serviços elétricos, hidráulicos, de pintura e de ajustes de telhado, entre outros.

    “A ideia é assegurar as condições mínimas para funcionamento das escolas”, explica o titular da pasta, Júlio Gregório Filho. As ações tiveram início em 25 de janeiro, e as 152 unidades são as que apresentaram maior necessidade de melhorias, a partir das demandas discutidas com as 14 coordenações regionais de ensino do DF. O contrato para a rede pública tem o valor de R$ 5 milhões, oriundos da própria secretaria.

    Em alguns casos, os trabalhos foram finalizados, mas há os que estão em andamento ou ainda vão ser iniciados. Reparos nos muros, por exemplo, são feitos no Centro de Ensino Fundamental 12, em Ceilândia. Na mesma região administrativa, o Centro de Ensino Fundamental 16 e a Escola Classe 43 recebem instalação elétrica e troca de forro.

    Outros recursos
    Há ainda R$ 1,2 milhão obtidos por emenda parlamentar. Esse montante foi distribuído entre as 14 coordenações regionais de ensino, para uso em escolas que também precisam de reparo ou manutenção. Além disso, as unidades educacionais e as regionais de ensino receberão neste ano repasse do Programa de Descentralização Administrativa e Financeira (Pdaf) para despesas de custeio, como compra de material didático, manutenção de equipamentos e pequenos reparos, além de execução de projetos pedagógicos. Elas têm autonomia para usar o recurso, desde que dentro da legislação vigente.

    A partir deste ano, a rede pública de ensino de Brasília passa a contar com 661 unidades educacionais, quatro a mais so que antes. Foram acrescidos três centros interescolares de línguas e uma escola do sistema prisional.



    Fonte: Samira Pádua, da Agência Brasília - Foto: Dênio Simões/Agência Brasília

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário

    imagem-logo
    © Blog do CHIQUINHO DORNAS 2012/2016 Todos os direitos reservados.