• INÍCIO
  • CONTATO
  • MÍDIA KIT
  • ANUNCIE NO BLOG
  • COMENTÁRIOS
  • MAPA DO BLOG
  • quarta-feira, 3 de fevereiro de 2016

    Entidade global quer o DF entre seus estados-membros

    “Proveitosa”. Foi assim que a deputada Celina Leão, presidente da CLDF, definiu a viagem de trabalho, que está realizando nos Estados Unidos, a convite do governo americano, visitando e conhecendo diversas entidades, durante esta semana. “Temos muito o que oferecer à população do DF, mas ao conhecer iniciativas estrangeiras, especialmente que atendem à área social, temos a oportunidade de nos atualizar e aprender com exemplos que estão dando certo”, comentou a presidente da CLDF elogiando as inovações apresentadas.

    Estive em reunião com Leopoldo Martinez, representante da Israel Allies Foundation, para a América Latina, instituição pioneira, que se dedica à promoção da comunicação e informação entre legisladores do mundo. O objetivo é o de construir um caminho que ligue o governo de Israel a líderes cristãos de várias partes do mundo. O encontro foi muito produtivo. Leopoldo irá visitar a CLDF em maio deste ano.

    Ainda em Washington, Celina visitou a Federação Global dos Conselhos de Competitividade, onde teve encontro com o diretor executivo Roberto Alvarez. “Tive oportunidade de conhecer a entidade que conta com 27 países-membros e que tem interesse que Brasília, pelo Brasil, integre o grupo. Eles trabalham em parceria: governo e área privada. O trabalho é interessante. Agora estão montando um banco de dados para comparar as cidades, o que gera competitividade”, exemplificou a deputada.

    E foi no congresso americano de Competitividade que o CAUCUS (sistema de eleger delegados em dois estados na fase das eleições primárias) que a entidade manifestou interesse em receber Brasília (DF) entre os seus membros.

    Entre as ações mais recentes do conselho está a criação de um fórum internacional de reitores e de institutos de pesquisa, uma academia global de competitividade onde reúnem lideranças que tenham interesse em transformação social e ainda a Academia forma lideranças por meio de workshops que envolvem empreendedores do mundo todo. “Eles fazem workshops em cada país-membro. Eles têm parceiros internacionais que dão suporte financeiro para esses eventos e outros locais que oferecem infraestrutura para os workshops acontecerem”, cita a presidente da CLDF. Ela explica, ainda, que a federação busca juntar a eles pessoas que estão fazendo as coisas acontecer. “A federação trabalha com membros que não só estudam, mas transformam a realidade”, atesta Celina Leão.

    Após o encontro, a presidente da CLDF se comprometeu a realizar uma reunião com empresários brasilienses para que Roberto Alvarez possa explicar as atividades da federação e apresentar exemplos de sucesso em todo o mundo. “A competitividade gera emprego e renda. Qual é a grande indústria que vai se instalar onde quer que seja, se não tiver um espaço adequado, com pessoas capacitadas?”, reflete Celina. Ela enfatiza que prevê, na volta à Brasília, conduzir uma reunião com empresários e convidar a Fibra e a Lide. “Se for de interesse dos empresários, do governo e de Brasília, poderemos levar especialistas de várias partes do mundo para apresentar as experiências de sucesso”.

    Durante visita ao Departamento de Serviços Legislativos de Maryland (The Maryland State House), na cidade de Annapolis, fui recebida pelo presidente da Assembleia Geral de Maryland (The Maryland General Assembly), Thomas Mike Jr. Ainda estive reunida com Mary Nitsch, diretora de relações internacionais da Casa e o secretário geral Bobby Zirkin. O trabalho realizado é o de transformar o Estado, em função amigável, para recepção de empresas. “Por isso procuram atrair iniciativas de empresas multinacionais. O estado é pequeno, mas muito rico. Tem seis milhões de habitantes”, resumiu Celina, comparando a proporção da área do Estado com o resultado do trabalho que levou o Estado à riqueza.

    De olho na juventude
    A deputada destacou a importância da juventude estar integrada ao processo legislativo, por meio de incentivo a conhecer o processo, tornando-o atrativo. “Tive a oportunidade de estar em um encontro com esses jovens, estudantes do Ensino Médio, participantes do programa, que tem como coordenadora Patrícia Harrisson, que visa aproximar o jovem do Legislativo”, ressaltou Celina, completando que eles vêm de várias partes do estado e recebem o apoio para ficar em uma casa de família. “E recebem uma pequena bolsa. Excelente iniciativa! ”.

    Para a presidente da CLDF a visita à Assembleia de Maryland foi uma aula que relembrou fatos da história americana. “Estive na sala ‘Senate Commitee Room’, uma réplica da real, datada de 1783. Passei pela estátua de George Washington, representando o momento de sua renúncia”.

    Empenho da primeira-dama americana
    Quando Celina esteve com Krista Rigal, diretora do programa Let Girls Learn, que atende meninas que deixam a escola antes de terminar o ciclo escolar – cuja ação a deputada quer lançar programa-piloto na CLDF –, teve oportunidade de ouvir também sobre as ações da primeira-dama Michelle Obama, que tem realizado um trabalho muito importante junto às mulheres e meninas. “O Projeto Let Girls Learn é um desses programas”, avisou Krista, explicando o envolvimento da primeira-dama em ações sociais.

    Outro assunto abordado no encontro, foi sobre a NBA, liga nacional de basquetebol que não conta com segmento feminino somente masculino.

    Além disso, foi demonstrada a importância do turismo cívico. A equipe contou que estudantes de todos os 50 estados norte-americanos visitam regularmente Washington incentivados pelo Estado.  “Milhares de estudantes vêm a Washington anualmente. O programa oportuniza ao cidadão conhecer o funcionamento do congresso e como o Estado gasta os recursos oriundos dos impostos. A reunião foi excelente! ”.

    Tecnologia da informação
    A área de tecnologia da informação também foi contemplada. Celina Leão esteve no Departamento de Tecnologia da Informação de Maryland, onde teve encontro com Barney Krucoff, do Escritório de Informações Geográficas, e Luis Luna, diretor do escritório governamental de Aperfeiçoamento da Performance. “O encontro não poderia ser melhor. Além de conhecer as ações sobre a área tecnológica, fui contemplada com um botom da cidade de Maryland. Também estive na Capitol Strategies, LLC, com Sushant Sidh. Foi uma honra participar desta reunião”, finalizou Celina, encerrando o segundo dia de atividades no estado norte-americano.



    Assessoria de imprensa da deputada Celina Leão


    Nenhum comentário:

    Postar um comentário

    imagem-logo
    © Blog do CHIQUINHO DORNAS 2012/2016 Todos os direitos reservados.