• INÍCIO
  • CONTATO
  • MÍDIA KIT
  • ANUNCIE NO BLOG
  • COMENTÁRIOS
  • MAPA DO BLOG
  • sábado, 27 de fevereiro de 2016

    #JUSTIÇA » #TJDFT: Para manter o prestígio da Corte

    O desembargador (terceiro da esquerda para a direita) comemora com parte da nova diretoria
    Desembargador Mário Machado: "Agradeço a confiança depositada em mim e espero que o Tribunal permaneça alçado à situação de destaque no cenário nacional"
    O Tribunal de Justiça do Distrito Federal e dos Territórios (TJDFT) elegeu seu novo presidente: Mário Machado Vieira Netto, 68 anos, um dos mais respeitados desembargadores do Judiciário local. O magistrado tem 22 anos de Corte e exerceu diversas atividades no Tribunal. Pela regra da antiguidade, Romão Cícero de Oliveira seria o escolhido. No fim do ano passado, porém, antecipou a colegas que não pretendia concorrer. O próximo da lista era Machado, que sucederá Getúlio Moraes de Oliveira no posto máximo do TJDFT em 22 de abril.

    Nascido no Rio de Janeiro, Mário Machado graduou-se em direito pela Universidade Federal do estado fluminense, em 1971. Antes de ir para o TJDFT, atuou como advogado da Companhia de Saneamento Ambiental do Distrito Federal (Caesb), trabalhou como assessor especializado do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea) e foi procurador da República do Ministério Público Federal (MPF). Em 1984, tomou posse como juiz de direito substituto do Distrito Federal. Passou em primeiro lugar no concurso. No Tribunal, tornou-se juiz em 1986 e desembargador em 1997.

    Durante a atuação na Corte, Mário Machado dedicou-se a diversas atividades. Lecionou na Escola da Magistratura do Distrito Federal, de 1998 a 2000; presidiu a Comissão de Regimento Interno do TJDFT, de 2004 a 2007; foi diretor-geral da Escola de Administração Judiciária do Distrito Federal e dos Territórios; exerceu os cargos de vice-presidente e corregedor eleitoral do DF, entre 2010 e 2012; e presidente do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-DF), na gestão 2012-2014. É autor dos livros Processo Civil. Processo de Conhecimento. Fundamentos do Procedimento Ordinário e Temas Contemporâneos do Direito (obra coletiva).

    Discursos e cargos
    Daqui a 59 dias, o carioca ocupará o posto máximo do TJDFT. Na sessão de ontem, conduzida pelo atual presidente do Tribunal, desembargador Getúlio Moraes de Oliveira, o sucessor disse que vai trabalhar para manter o prestígio da Corte. “Agradeço a confiança depositada em mim e espero que o Tribunal permaneça alçado à situação de destaque no cenário nacional”, disse Mário Machado no evento, realizado para elegê-lo como o 34º presidente do TJDFT. Getúlio Moraes também enalteceu a Corte: “Hoje, o TJDFT é um exemplo para outras justiças. Foi uma honra dirigir o Tribunal neste último biênio.”

    Além de Machado, compõem a chapa o desembargador Humberto Adjuto Ulhôa (1º vice-presidente); o desembargador José Jacinto da Costa Carvalho (2º vice-presidente); e o desembargador José Cruz Macedo (corregedor) — atual vice-presidente e corregedor do TRE-DF. Eles comandarão o Tribunal de Justiça do Distrito Federal e dos Territórios entre 2016 e 2018.


    Fonte: Guilherme Pera – Fotos: ACS/TJDFT/Divulgação – Correio Braziliense

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário

    imagem-logo
    © Blog do CHIQUINHO DORNAS 2012/2016 Todos os direitos reservados.