• INÍCIO
  • CONTATO
  • MÍDIA KIT
  • ANUNCIE NO BLOG
  • COMENTÁRIOS
  • MAPA DO BLOG
  • sábado, 27 de fevereiro de 2016

    Mais de mil bombeiros saem às ruas em ação contra o Aedes aegypti

    Abertura da ação deste sábado (27) teve a presença do governador de Brasília, Rodrigo Rollemberg

    Diferente do que foi informado anteriormente, a força-tarefa passará hoje por Águas Claras, por Ceilândia, pelo Cruzeiro Velho, pela Estrutural, pelo Guará, pelo Lago Sul, por Planaltina, pelo Recanto das Emas, pelo Riacho Fundo II, por Santa Maria, por Sobradinho, por Sobradinho II e por Taguatinga.

    Mil e cem militares do Corpo de Bombeiros saíram na manhã deste sábado (27) para uma ação intensiva de combate ao mosquito Aedes aegypti, transmissor de dengue, do zika vírus e da febre chikungunya. Eles partiram da Academia do Corpo de Bombeiros Militar, no Setor Policial Sul, em 33 ônibus e se juntarão a 20 agentes da Defesa Civil, 80 militares da Força Aérea Brasileira e cem da Marinha e cerca de 400 agentes de vigilância ambiental para fazer vistorias pelo Distrito Federal.

    A força-tarefa passará hoje por Águas Claras, por Ceilândia, pelo Cruzeiro Velho, pela Estrutural, pelo Guará, pelo Lago Sul, por Planaltina, pelo Recanto das Emas, pelo Riacho Fundo II, por Santa Maria, por Sobradinho, por Sobradinho II e por Taguatinga. A meta é visitar 60 mil imóveis. "A orientação para a população é que acolha a visita do nosso profissional", recomendou o comandante-geral do Corpo de Bombeiros, coronel Hamilton Santos Esteves.
    Presente na abertura dos trabalhos, o governador de Brasília, Rodrigo Rollemberg, agradeceu o envolvimento de todos nas ações. "Nós praticamente quadriplicamos o número de fumacês para distribuir inseticidas nas cidades, compramos armadilhas, estamos utilizando inseticidas e larvicidas biológicos e químicos. Além disso, estamos envolvendo a comunidade e ampliando as campanhas educativas com o objetivo de vencer essa batalha", disse na manhã de hoje.
    "Esta é uma guerra que ninguém vence sozinho. É uma responsabilidade do governo, mas é também uma responsabilidade da sociedade. Será somente por meio da conscientização e da mobilização que nós vamos obter sucesso", destacou o chefe do Executivo local.
    Também participaram da abertura a secretária da Segurança Pública e da Paz Social, Márcia de Alencar Araújo; o comandante operacional do Corpo de Bombeiros, coronel Roberto Marcos Alcântara; o subsecretário de Proteção e Defesa Civil, coronel do Corpo de Bombeiros Militar Sérgio Bezerra; o subsecretário de Vigilância à Saúde, Tiago Coelho; o chefe da Assessoria de Mobilização Institucional e Social para a Prevenção de Epidemias, da Secretaria de Saúde do DF, Aílton Domicio; o comandante do 6º Comando Aéreo Regional, major-brigadeiro Rogério Veras; o comandante do Centro de Instrução e Adestramento de Brasília, capitão-de-mar-e-guerra da Marinha Odair do Nascimento Júnior.
    Na ação deste sábado, o Serviço de Limpeza Urbana (SLU) vai contribuir com 21 caminhões e fará a limpeza de áreas em parte de Águas Claras, na Estrutural e no Riacho Fundo II. São regiões perto do aterro controlado do Jóquei, na Estrutural, o que permite fazer mais viagens com os entulhos.
    Trabalhos
    As ações da força-tarefa começaram em 14 de dezembro. Até essa sexta-feira (26), de acordo com o Corpo de Bombeiros, 82% dos domicílios do DF foram visitados. Também desde dezembro, o SLU, a Companhia Urbanizadora da Nova Capital do Brasil (Novacap) e a Agência de Fiscalização do Distrito Federal (Agefis) removeram cerca de 160 mil toneladas de entulho que poderia acumular água parada e ser recipiente para a proliferação do Aedes aegypti.




    Fonte: Samira Pádua, da Agência Brasília - Foto: Gabriel Jabur/Agência Brasília

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário

    imagem-logo
    © Blog do CHIQUINHO DORNAS 2012/2016 Todos os direitos reservados.