• INÍCIO
  • CONTATO
  • MÍDIA KIT
  • ANUNCIE NO BLOG
  • COMENTÁRIOS
  • MAPA DO BLOG
  • sexta-feira, 12 de fevereiro de 2016

    #SAÚDE » Esforço de guerra contra o Aedes (Alerta!!! Casos em cidades goianas do Entorno ameaçam o DF)

    Agentes visitaram a casa de Flávia Aparecida: %u201CDesde que tive a doença, comecei a tomar mais cuidado
    Tendas receberam 111 pessoas com sintomas do mal no primeiro dia da ação, em Brazlândia
    Em Luziânia, agentes pregam adesivos elogiando as casas que não apresentam foco de dengue. Em Brazlândia, barracas de campanha são montadas para aumentar o número de testes de detecção da doença. Somente ontem, 55 pessoas receberam o diagnóstico

    Autoridades sanitárias do país inteiro procuram alternativas para conter o avanço das doenças transmitidas pelo Aedes aegypti. A incidência de dengue em Luziânia, a 59km do Plano Piloto, atingiu 1.016 pessoas em janeiro. O alto índice colocou o município em alerta máximo para a doença. Lá, encontrar locais sem focos do mosquito se tornou algo tão inusitado que a prefeitura criou um selo com a frase: “Esta casa não tem dengue”. Na capital federal, o Executivo passou a utilizar esforços de guerra nas notificações de dengue. Um hospital de campanha atendeu 111 pessoas em Brazlândia — cidade que responde por 28% das contaminações no DF. A Secretaria de Saúde estuda instalar o reforço em São Sebastião, Santa Maria, Ceilândia e Planaltina.

    Eliminar locais com água parada é a principal arma contra o inseto transmissor da dengue, febre chikungunya e do zika vírus. Entretanto, somente 12,57% dos imóveis de Luziânia receberam a vistoria dos vigilantes ambientais. Dos 110 mil domicílios, apenas 13.883 foram monitorados. “Colocar o adesivo na casa das pessoas constrange aqueles que não têm o selo. A campanha vai até junho, quando faremos um balanço para analisar os resultados”, explicou o secretário de Saúde de Luziânia, Watherson Roriz de Oliveira. Seis bairros críticos receberam a inspeção.

    Na vistoria, o responsável pela casa recebe informações de prevenção e orientações sobre medidas que se deve tomar ao perceber os sintomas de dengue. Se no local não existir nenhum possível foco, o imóvel ganha o adesivo. Ontem, 200 casas receberam o adesivo da campanha no Parque Alvorada I. A dona de casa Flávia Aparecida de Farias, 43 anos, teve dengue há cinco e não quer repetir a experiência. “Desde que tive a doença, comecei a tomar mais cuidado”, disse.

    Representantes das secretarias de saúde do Entorno e do DF vão se reunir em 19 de fevereiro, em Luziânia, para tratar dos termos de cooperação técnica de combate entre DF e Goiás. O número de casos de dengue notificados aqui por residentes no Entorno aumentou em 420,83%, em relação a janeiro de 2015. Ao todo, 125 pessoas tiveram o diagnóstico em laboratórios da rede pública da capital federal (leia Alerta).

    Tendas
    No primeiro dia de funcionamento das tendas de Unidade de Atenção à Dengue instaladas no estacionamento do Hospital Regional de Brazlândia (HRB), 55 pacientes tiveram a infecção de dengue confirmada. Isso significa que 49,54% das 111 pessoas passaram pelo local estão contaminadas. A cidade registrou 301 contaminações. É a maior quantidade de ocorrências da doença no DF. 

    O atendimento é destinado somente aos pacientes com sintomas da infecção. Outras cinco regiões podem ganhar hospitais de campanha na capital federal. “A ideia é fechar os quatro cantos da cidade. No DF, nós conseguimos controlar a doença, mas na divisa com Goiás está difícil”, destacou o secretário de Saúde, Fábio Gondim.

    Alerta - Casos em cidades goianas do Entorno ameaçam o DF- Distância da capital

    *Águas Lindas - 228 50km
    *Santo Antônio do Descoberto - 307 40km
    *Novo Gama - 44 41km
    *Valparaíso 441 - 37km
    *Cidade Ocidental - 92 - 46km
    *Luziânia 1.016 - 59km
    *Planaltina de Goiás - 122- 58km
    *Formosa - 113 - 79km
    *Cristalina -  33 - 132km
    *Padre Bernardo - 196 - 116km


    Fonte: Secretaria Estadual de Saúde (GO) – Fotos: Gustavo Moreno/CB/D.A.Press – Ed Alves/CB/D.A.Press – Correio Braziliense

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário

    imagem-logo
    © Blog do CHIQUINHO DORNAS 2012/2016 Todos os direitos reservados.