• INÍCIO
  • CONTATO
  • MÍDIA KIT
  • ANUNCIE NO BLOG
  • COMENTÁRIOS
  • MAPA DO BLOG
  • terça-feira, 15 de março de 2016

    À QUEIMA-ROUPA: Flávio Werneck Presidente do Sindicato dos Policiais Federais do DF

    Flávio Werneck
    (Presidente do Sindicato dos Policiais Federais do DF)

    A Corregedoria da Polícia Federal abriu investigação para apurar a elaboração de um suposto dossiê sobre o juiz Sérgio Moro. Você confeccionou esse dossiê?
    Não, absolutamente não.

    Por que seu nome apareceu nessa história?
    Talvez seja porque no final de 2015, tive uma breve conversa com o ministro Jaques Wagner para tratar de assuntos da categoria que represento no DF, a dos policiais federais. Isso pode estar servindo de pano de fundo para essa armação que visa prejudicar toda a categoria. Protocolei na Polícia Federal, no dia nove de março, um pedido de investigação para esclarecer definitivamente os fatos.

    Você esteve em Curitiba para esclarecer o assunto. Com quem conversou?
    Estive em Curitiba para uma atividade sindical e tentei uma agenda com um dos procuradores com o intuito de me colocar inteiramente a disposição para colaborar com as investigações caso ocorram, porém o encontro não foi possível em função dos desdobramentos da 24ª operação da Java Jato.

    Teme uma investigação da Corregedoria da PF sobre esse caso?
    Não posso temer uma investigação que eu mesmo solicitei.

    Você foi contra a aprovação da PEC 37. Ficou alguma dificuldade de relacionamento com os delegados?
    Eu sou a favor do Brasil. Garantir ao MP o direito de investigar é bom para o país. Quanto ao relacionamento com os delegados, não se esqueça que represento no SINDIPOL/DF o interesse dos policiais federais. Se nesse embate aparecerem os delegados, neste momento estaremos em lados opostos. Mas isso não quer dizer que não possamos conviver em harmonia no desempenho das funções dentro da PF. As divergências se restringem ao que pleiteamos para a carreira.

    Qual é a sua opinião sobre o trabalho da Lava-Jato?
    Não existe cidadão de bem que possa ser contra a Lava Jato. Eu sou absolutamente a favor. Apesar do alto preço que a população inocente do país está pagando, é um divisor de águas no combate à corrupção. Isso terá consequências muito positivas num futuro recente na vida de todos.



    Fonte: Ana Maria Campos – “Coluna “Eixo Capital” - Foto: Antonio Cunha/CB/D.A.Press – Correio Braziliense

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário

    imagem-logo
    © Blog do CHIQUINHO DORNAS 2012/2016 Todos os direitos reservados.