• INÍCIO
  • CONTATO
  • MÍDIA KIT
  • ANUNCIE NO BLOG
  • COMENTÁRIOS
  • MAPA DO BLOG
  • quinta-feira, 3 de março de 2016

    #BORA - Pedalando na Água Mineral (Agora os amantes do pedal vão poder desfrutar da biodiversidade do Cerrado)

    Agora os amantes do pedal vão poder desfrutar da biodiversidade do Cerrado e de várias duchas ao longo do caminho. Com isso, a direção da unidade de preservação espera ampliar número de visitantes

    Parque Nacional de Brasília inaugura trilha para ciclistas com 15 km. A iniciativa faz parte das comemorações do Dia Mundial da Vida Selvagem

    A trilha de ciclismo com 15 km de extensão, aberta hoje no Parque Nacional de Brasília (Água Mineral), traz como pano de fundo a biodiversidade e a bela paisagem nativas do Cerrado — o segundo maior bioma brasileiro, atrás apenas da Floresta Amazônica. O espaço, inaugurado por ocasião do Dia Mundial da Vida Selvagem, atende a uma antiga reivindicação dos amantes do pedal. Quem for ao local vai desfrutar de uma estrutura especialmente organizada para os frequentadores.

    Segundo o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio), que administra o parque, o trajeto a ser explorado é uma expansão da trilha Cristal Água, que, até então, se resumia a apenas 5 km. “Foi preparado um caminho longo, amplo e sinalizado, que vai agradar aos ciclistas, que aguardavam tanto por essa iniciativa”, explica Daniela Costa, analista ambiental e chefe substituta da Unidade de Conservação do parque.

    Entre os principais atrativos, o espaço foi equipado com chuveiros especiais. Chamadas de Suspiro, as duchas, abertas permanentemente, funcionam com o aproveitamento da água que integra a rede hidráulica do parque, a fim de evitar o desperdício.

    Na expectativa de conquistar um novo perfil de visitantes, a direção da unidade espera atrair um público sintonizado com a necessidade de preservação do espaço.

    “Buscamos uma visita voltada à contemplação. Trabalhamos por uma melhoria na gestão. Precisamos de mais participação da sociedade na conservação do parque, pois, sozinhos, não conseguimos implementar as melhorias necessárias”, salienta Daniela. Além do trecho dedicado aos ciclistas, a trilha também oferece 6,5 km para pedestres.

    Adepto à prática de esportes ao ar livre, o militar Márcio Chapola, 43 anos, comemora a iniciativa.“Considero a abertura desse espaço como uma importante conquista para os ciclistas, principalmente por ser uma demanda antiga. E poder estar conectado à natureza valoriza ainda mais esse novo espaço, já que a tendência é fugir do trânsito caótico e da violência da cidade”, diz.

    Antes da largada das bikes, a programação contará também com uma observação de aves, das 6h às 8h, na trilha Capivara e na mata da trilha Cristal Água. Das 9h ao meio-dia, haverá atividades educativas para crianças, com cinema, plantio de árvores, trilhas guiadas, pinturas e oficinas.

    Educação ambiental
    Criado em 1961, o Parque Nacional de Brasília inclui o complexo conhecido como Água Mineral. Bastante visitado por suas piscinas de águas correntes, o espaço possui 42 mil hectares de área. Segundo a administração, o local recebe cerca de 260 mil visitas por ano. Além das duas trilhas (a Cristal Água — agora com 15 km e a Capivara — com aproximadamente 1,3 km), conta com duas piscinas de água corrente, um núcleo de educação ambiental, espaço para prática de meditação, diversos tipos de vegetação e fauna abundante e diversificada, composta por espécies raras ou ameaçadas de extinção.

    O lobo-guará, a jaguatirica, o tatu-canastra, a anta, a onça-parda e o tamanduá-bandeira, ameaçados de extinção, podem ser encontrados nessa unidade de preservação ambiental. Várias outras espécies não ameaçadas também compõem a biodiversidade do parque, como mamíferos, aves, répteis, anfíbios, peixes, além de moluscos, crustáceos e insetos — incluindo a borboleta azul.


    Fonte: Alexandre Santos – Especial para o Correio Braziliense - Foto: Jorge Cardoso/MMA -

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário

    imagem-logo
    © Blog do CHIQUINHO DORNAS 2012/2016 Todos os direitos reservados.