• INÍCIO
  • CONTATO
  • MÍDIA KIT
  • ANUNCIE NO BLOG
  • COMENTÁRIOS
  • MAPA DO BLOG
  • sábado, 26 de março de 2016

    #ManéGarrincha:Estádio de Brasília que recebeu a Copa-2014 é próximo alvo em investigação da Lava Jato

    Mané Garrincha - Superfaturamento e sem urbanização

    Depois da arena em Itaquera, o próximo estádio a entrar na mira de investigadores na Lava Jato é o Nacional, de Brasília, o mais caro dos 12 erguidos ou reformados para a Copa-2014 — custou R$ 1,403 bilhão.
    O consórcio responsável pela obra foi formado pelas construtoras Andrade Gutierrez e Via Engenharia. Informações preliminares de executivos ligados à construção indicam pagamentos de subornos que podem explicar o alto valor final do projeto.
    ***
    À vista… O Corinthians recebeu há alguns dias o último pagamento que lhe era devido daqueles cinco atletas titulares vendidos após o título Brasileiro de 2015. O Beijing Guoan, da China, depositou os cerca de R$ 17 milhões da parte corintiana no negócio de Renato Augusto (veja quadro ao lado).
    … e parcelado. Como os pagamentos das principais contratações feitas para 2016 foram parcelados, como a do atacante Guilherme, ex-Antalyaspor, da Turquia, sobrou dinheiro no caixa corintiano para acerto em dia da folha salarial nesse início de ano.
    ***
    Quem manda. A demissão do auxiliar Milton Cruz faz a oposição do São Paulo desconfiar de que Ataíde Gil Guerreiro continua a mandar no futebol são-paulino, apesar de ter sido deslocado para a diretoria de relações institucionais.
    Estratégia. Conselheiros lembraram que a manobra é idêntica a que aconteceu em 2013, quando Adalberto Baptista deixou o futebol para assumir cargo na secretaria geral, mas continuou influente no setor. O grupo político no poder na época era o mesmo.
    Rigidez. A Fifa tornou em 2016 mais difícil o testo físico para árbitros. Uma das mudanças é a diminuição de 6,2 segundos para 6 segundos de tempo máximo para o tiro de 40 metros que precisam realizar os juízes de elite.
    Recuperação. O período de descanso entre os seis tiros que são dados no teste também diminuiu, de 90 para 60 segundos.
    Preocupação. Agentes de futebol vão questionar a CBF se será publicado no site da entidade o quanto cada um deles, chamados agora de intermediários, ganham por comissões nas transações. O novo código de intermediários abre essa possibilidade e alguns agentes temem pela segurança se os números forem revelados.

    Fonte: Marcel Rizzo – Painel FC - Folha de São Paulo – Foto/Ilustração: Blog - Google

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário

    imagem-logo
    © Blog do CHIQUINHO DORNAS 2012/2016 Todos os direitos reservados.