• INÍCIO
  • CONTATO
  • MÍDIA KIT
  • ANUNCIE NO BLOG
  • COMENTÁRIOS
  • MAPA DO BLOG
  • quarta-feira, 22 de junho de 2016

    Restaurantes comunitários do DF têm refeição a R$ 1 a partir desta quinta

               Restaurante Comunitário de Ceilândia (Foto: Tony Winston/Agência Brasília)

    "Famílias que ganhem até três salários mínimos têm direito a valor reduzido. 'Cliente' deve ter cadastro em programa social do GDF para garantir preço."

    O governo do Distrito Federal decidiu restabalecer a partir desta quinta-feira (23) o preço de R$ 1 nos 13 restaurantes comunitários em funcionamento na capital. A tarifa valerá apenas para os "clientes" inscritos no Cadastro Único de Programas Sociais (CadÚnico), usado em iniciativas como o DF Sem Miséria, o Morar Bem e o Bolsa Família. Famílias com renda de até R$ 2,6 mil ou com rendimento de até R$ 400 por pessoa terão direito à tarifa menor.

    O tíquete utilizado para comprar nos restaurantes comunitários com o valor reduzido deve ser adquirido no guichê exclusivo para atendimento do Cadastro Único. O usuário deve apresentar o documento de identidade para a retirada do bilhete.

    O GDF em outubro do ano passado aumentou o valor da refeição de R$ 1 para R$ 3. O preço nunca havia sido reajustado, desde a inauguração do primeiro restaurante, em 2001. Na época, o subsídio pago pelo governo era de R$ 1,49 por refeição, hoje, de R$ 5,71.

    A Câmara Legislativa do DF tentou barrar o aumento no preço em dezembro no ano passado, mas o valor foi mantido pelo governo. Em maio desse ano o governador Rodrigo Rollemberg voltou atrás e abaixou a tarifa para o valor original, de R$ 1.

    Até esta quarta, somente o restaurante do Sol Nascente oferecia a tarifa com valor reduzido. A partir de hoje as unidades de Brazlândia, Ceilândia, Estrutural, Gama,  Paranoá, Planaltina, Recanto das Emas, Riacho Fundo II, Samambaia, Santa Maria, São Sebastiãoe  Sobradinho II vão oferecer a refeição a R$ 1.

    Os moradores do DF que tiverem direito ao pagamento do valor reduzido podem se inscrever no Cadastro Único do GDF pelo telefone 156. Será marcado um atendimento em um dos 27 centros de referência de assistência social da Secretaria do Trabalho.

                        Confira a lista dos restaurantes comunitários no Distrito Federal.

    Brazlândia - Quadra 36, área especial º 01 - Vila São José

    Ceilândia - QNM 01, bloco 1, lote 01 - Ceilândia Centro - Antigo Salão de Múltiplas Funções

    Estrutural - Quadra 14, área especial - Vila Estrutural

    Gama - Setor Central, área especial - Complexo Esportivo do Gama - Estádio Bezerrão

    Itapoã - Quadra 61, área especial, entre conjuntos D/E - Condomínio Dellago

    Paranoá - Quadra 02, lote A, área especial - Feira Livre

    Planaltina - Setor Recreativo e Cultural - Modelo Esportivo, WL 1-a/NS

    Recanto das Emas - Avenida Recanto das Emas, quadra 01, lote 01 - Centro Urbano

    Riacho Fundo - Quadra 10, conjunto 01, lote 01 - Centro Urbano

    Samambaia - ADE/S, conjunto 15, lotes 01/02 - às margens da BR 060

    Santa Maria - Avenida Alagados, área central - Junto ao prédio da administração regional

    São Sebastião - Centro de Múltiplas Atividades, lote 02 - próximo ao prédio da administração regional

    Sobradinho II - AR 13, área especial 08, quadra 03 - Setor Administrativo



    Nenhum comentário:

    Postar um comentário

    imagem-logo
    © Blog do CHIQUINHO DORNAS 2012/2016 Todos os direitos reservados.