• INÍCIO
  • CONTATO
  • MÍDIA KIT
  • ANUNCIE NO BLOG
  • COMENTÁRIOS
  • MAPA DO BLOG
  • sexta-feira, 15 de julho de 2016

    GDF abre residência oficial do governador para visitação pública

    A primeira-dama do DF, Márcia Rollemberg, durante solenidade de abertura do projeto que permite visitação à residência oficial do governador (Foto: Pedro Borges/G1)
    Ideia do governo é incluir espaço em Águas Claras no roteiro turístico do DF. Mostras marcam abertura; agendamento deve ser feito pela web ou telefone.

    O governo do Distrito Federal lançou nesta quinta-feira (14) o projeto "Residência oficial Águas Claras de portas abertas", que permite visitações ao imóvel. A solenidade teve a primeira missa na capela do espaço desde o início do governo de Rodrigo Rollemberg e apresentação de jovens do projeto Música e Cidadania, do Paranoá, e da harpista do Orquestra Sinfônica do Teatro Nacional Claudio Santoro Cristina Carvalho.

    O espaço vai ficar aberto ao público sempre às segundas-feiras, das 8h às 12h e das 14h às 18h. São liberados acessos a partes internas da casa, como as salas de jantar e de estar, o gabinete e o local reservado para reuniões, e à área externa, que possui capela, auditório e quadras de esporte.

    Os grupos também pode ocupar os espaços onde acontecem as exposições. As visitas podem ser canceladas e reagendadas, caso o governador tenha compromisso nas instalações do imóvel. O espaço é utilizado para reuniões, recepção de autoridades e eventos do GDF.

    O objetivo do governo é incluir o local no roteiro turístico da capital federal, principalmente para visitação de estudantes, utilizando a casa como sede de exposições de artes. Para ter acesso ao espaço é preciso fazer agendamento por internet ou telefone (veja abaixo).
    Espaço com a exposição Memórias femininas, na residência oficial do governador do DF (Foto: Toninho Tavares/Agência Brasília)

    Na solenidade que marcou a abertura da residência aos moradores, a primeira-dama do DF, Márcia Rollemberg, afirmou que é positivo para a população conhecer a história do imóvel.

    “Isso é uma coisa muito importante, essa parte da identidade, memória e patrimônio. Nós temos que mostrar para as pessoas entenderem o que traz o sentido de ser capital, o sentido da saga dos pioneiros, e a gente revitalizar o amor pela cidade.”

    Sala de estar da residência oficial do governador - (Foto: Pedro Borges/G1)

    A história da residência está sendo recuperada nos arquivos do DF, segundo a primeira-dama. Ela afirma que a equipe que trabalha no projeto tem enfrentado dificuldades com a falta de documentos.

    "Para a abertura da casa, o GDF disponibilizou quatro exposições: “Brasília, a cidade que inventei”, do Arquivo Público de Brasília; “Memórias femininas”, com curadoria de Tânia Fontenele; “Moradas”, com obras do Museu de Arte de Brasília e do Museu Nacional; e a mostra de carros antigos, do Veteran Car Brasília."

    A residência oficial de Águas Claras foi construída em 1961, originalmente com o nome de “Granja-Modelo 05”. O primeiro morador foi o presidente da Novacap na época, Randall Espírito Santo. Antes de receber o atual nome, o local se chamou residência Vicente Pires e granja Águas Claras.

    Durante a década de 1960, a residência de estrutura serviu de casa para funcionários do alto escalão da Novacap e da prefeitura do Distrito Federal. O imóvel passou a ser ocupado pelo prefeito de Brasília e posteriormente tornou-se residência do governador do DF.

    As visitas à residência oficial do governador do DF podem ser agendadas pelo site do projeto "Residência oficial Águas Claras de portas abertas", pelo e-mail roacortasabertas@gmail.com ou pelos telefones 3961-4800 e 3961-4801.



    Do G1 DF

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário

    imagem-logo
    © Blog do CHIQUINHO DORNAS 2012/2016 Todos os direitos reservados.