• INÍCIO
  • CONTATO
  • MÍDIA KIT
  • ANUNCIE NO BLOG
  • COMENTÁRIOS
  • MAPA DO BLOG
  • quarta-feira, 20 de julho de 2016

    Marianne Peretti em debate - - (A alma de JK: influência modernista de Peretti no campo dos vitrais)

                     A alma de JK: influência modernista de Peretti no campo dos vitrais

    O trabalho da artista plástica Marianne Peretti deu um novo fôlego ao estudo de vitrais no Brasil. Responsável pela composição de trabalhos expressivos na capital com a chancela de Oscar Niemeyer, a artista que assina a bela composição da Catedral Metropolitana de Brasília tem seu legado pouco conhecido entre os brasilienses e atrai estudo de grandes nomes da arquitetura e artes plásticas. A relevância técnica e histórica da obra de Peretti impulsionou atividades que vão além da exposição A arte monumental de Marianne Peretti, estendida até 26 de junho no Museu Nacional da República. Hoje, a partir das 9h, será realizado um debate sobre a importância da arte de Perretti.

    “É preciso que as pessoas conheçam o valor desse patrimônio em escala mundial. Os vitrais vão muito além de elementos decorativos. Eles precisam ser mais bem tratados e reconhecidos pelos brasileiros”, destaca Tactiana Braga, coordenadora do projeto Documento Marianne Peretti, que envolve o lançamento do livro Marianne Peretti — A ousadia da invenção, organização expositiva e documentário previsto para estrear neste semestre e visto por Tactiana como “verdadeira declaração de amor a Brasília”.  

    Apesar da expressividade das obras, o primeiro livro sobre a trajetória da artista que contribui com riqueza de traçados femininos em monumentos cívicos foi concluído tardiamente. “Estamos acordando instituições, órgãos e população. Nada melhor do que discutirmos com quem entende, estuda e tem propriedade para deixar as informações nas universidades ao alcance das novas gerações”, avalia Tactiana, que defende a realização de pesquisas e investigações sobre a importância de Peretti e distribui com o apoio de patrocinadores um exemplar do livro em todas as bibliotecas públicas do Distrito Federal.

    Para disseminar o conhecimento sobre Marianne Peretti, a série de eventos conta com um ciclo de palestras com participação de especialistas da área de vitrais, entre eles, o arquiteto carioca Hélder Viana — integrante do Instituto Rio Patrimônio da Humanidade (IRPH) e estudioso que realizou trabalho de pesquisa com a catalogação de vitrais no Estado do Rio de Janeiro. Ele conversa com o público a partir das 14h30, no auditório do Museu Nacional da República, com a palestra Presença do vitral no Brasil. 

    De acordo com o especialista, o encontro é uma oportunidade de troca de conhecimento entre três profissionais fundamentais: arquitetos, artistas plásticos e vitralistas. “Falta unirmos essas peças para ampliarmos o estudo sobre o tema. É preciso dominar os tipos, a aplicabilidade desses materiais e valorizar um ofício tradicional que corre risco de extinção.”

    Ciclo de palestras A arte monumental de Marianne Peretti 
    Hoje, a partir das 9h, no auditório do Museu Nacional da República. Entrada franca.




    Fonte: » Sara Campos - Especial para o Correio – Fotos: Monique Renne/CB/D.A.Press – Correio Braziliense

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário

    imagem-logo
    © Blog do CHIQUINHO DORNAS 2012/2016 Todos os direitos reservados.