• INÍCIO
  • CONTATO
  • MÍDIA KIT
  • ANUNCIE NO BLOG
  • COMENTÁRIOS
  • MAPA DO BLOG
  • quarta-feira, 31 de agosto de 2016

    #DF é a terceira região mais populosa do país, com 2.977.216 habitantes

    A estimativa populacional foi calculada por técnicos do Instituto Brasileiro de Geografia Estatística, e divulgadas no Diário Oficial da União (DOU)
    O Distrito Federal é a terceira região mais populosa do país, com 2.977.216 habitantes. A capital está atrás de São Paulo (SP), com 12 milhões de habitantes, e do Rio de Janeiro (RJ), com 6,5 milhões, e a frente de Salvador (BA). Os dados são da estimativa das populações elaborado pelo Instituto Brasileiro de Geografia Estatística (IBGE). No último censo demográfico, a população da capital foi contabilizada em 2.570.160, 407.056 a menos que o indicado pelos cálculos atuais. Salvador (BA) fica logo atrás do DF, com 2.938.092 habitantes.

    O levantamento abarca os 5.570 municípios brasileiros. Estudiosos do IBGE estimam que o Brasil tenha 206,1 milhões de habitantes e uma taxa de crescimento de 0,80% entre 2015 e 1º de julho de 2016, um pouco menor do que a calculada entre 2014 e 2015 (0,83%). As estimativas populacionais municipais são um dos parâmetros utilizados pelo Tribunal de Contas da União no cálculo do Fundo de Participação de Estados e Municípios e são fundamentais para o cálculo de indicadores econômicos e sociodemográficos.

    Os dados foram publicados no Diário Oficial da União (DOU) desta terça-feira (30/8). Além disso, 17 municípios brasileiros possuem população superior a 1 milhão de pessoas, somando 45,2 milhões de habitantes ou 21,9% da população total do Brasil. A cidade com menor população é Serra da Saudade, em Minas Gerais, com 815 moradores, seguido de Borá (SP), com 838, e Araguainha (MT), com 953. O órgão registrou retração em um quarto dos municípios brasileiros. Um total de 24,8% sofreu redução de população.

    As populações dos municípios foram estimadas por um procedimento matemático e são o resultado da distribuição das populações dos estados, projetadas por métodos demográficos, entre seus diversos municípios. O método baseia-se na projeção da população estadual e na tendência de crescimento dos municípios, delineada pelas populações municipais captadas nos dois últimos Censos Demográficos (2000 e 2010). As estimativas municipais também incorporam alterações de limites territoriais que tenham ocorrido entre os municípios após 2010.

    Com informações do IBGE. – Foto/Ilustração: Blog - Google

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário

    imagem-logo
    © Blog do CHIQUINHO DORNAS 2012/2016 Todos os direitos reservados.