• INÍCIO
  • CONTATO
  • MÍDIA KIT
  • ANUNCIE NO BLOG
  • COMENTÁRIOS
  • MAPA DO BLOG
  • quinta-feira, 20 de outubro de 2016

    Senhora do tempo - Faltam 73 dias para o fim do mandato de Celina Leão (PPS) na Presidência da Câmara Legislativa.


    Senhora do tempo
    Faltam 73 dias para o fim do mandato de Celina Leão (PPS) na Presidência da Câmara Legislativa. Esse é prazo que a deputada distrital dispõe para tentar cassar a decisão do Tribunal de Justiça do DF que a afastou do comando da Casa. O sucesso dessa batalha vai depender muito de como o recurso a ser protocolado pela defesa de Celina tramitar no Superior Tribunal de Justiça (STJ). Um despacho monocrático seria a solução, desde que seja positivo. O julgamento em uma das turmas pode levar meses para entrar em pauta. Se o mandato de Celina acabar, o processo perderá o objeto. Eventuais nulidades poderão ser apreciadas, mas o debate sobre o retorno de Celina ao cargo não terá mais sentido. Por isso, a defesa tem evitado questionamentos que podem provocar manifestações dos promotores de Justiça responsáveis pela Operação Drácon. Em cada tema, o processo ficaria parado pelo menos 15 dias no Ministério Público do DF. 

    Na correria
    Por causa da pressa, Celina Leão foi pessoalmente ontem ao Tribunal de Justiça do DF para buscar as certidões do julgamento de terça-feira, necessárias para embasar o recurso contra a decisão do Conselho Especial. A defesa não vai esperar a publicação do acórdão, para dar entrada no recurso no Superior Tribunal de Justiça (STJ) e aposta que conseguirá a nulidade de todas as ações das três etapas da Operação Drácon. Já o Ministério Público do DF quer desacelerar o processo. Não tem pressa e vai trabalhar com argumentos para manter todas as decisões.

    Sem corpo mole
    A denúncia por corrupção contra os cinco deputados distritais investigados na Operação Drácon  não deve demorar. Sobre esse assunto, o Ministério Público não faz corpo mole. Trabalha com afinco, para protocolar as ações;

    Bom para parte do clã
    A deputada Celina Leão telefonou ontem para uma das absolvidas no caso do edifício Monet. E não foi para a rival Liliane Roriz… Amiga da ex-deputada Jaqueline Roriz, a presidente afastada da Câmara Legislativa fez questão de parabenizá-la pela vitória. “Tenho muito respeito pela Jaqueline e pelo ex-governador Joaquim Roriz e fico feliz com a absolvição dos dois”, afirmou Celina à coluna.


    Por Ana Maria Campos – Coluna “Eixo Capital” – Foto: Carlos Vieira/CB/D.A.Press – Correio Braziliense

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário

    imagem-logo
    © Blog do CHIQUINHO DORNAS 2012/2016 Todos os direitos reservados.