• INÍCIO
  • CONTATO
  • MÍDIA KIT
  • ANUNCIE NO BLOG
  • COMENTÁRIOS
  • MAPA DO BLOG
  • quarta-feira, 16 de novembro de 2016

    Polícia Militar reforçará segurança nas estações do metrô

    “O objetivo é melhorar a segurança pública com a presença dos policiais nas estações”, resumiu o governador Rodrigo Rollemberg. Foto: Tony Winston/Agência Brasília

    Policiais percorrerão o interior das estações e dos trens e as áreas próximas. Os cerca de 200 mil passageiros que usam o transporte diariamente terão mais tranquilidade para circular

    A segurança nas 24 estações do metrô terá reforço da Polícia Militar em aproximadamente 10 dias. Os 150 agentes da Companhia do Metropolitano do DF (Metrô-DF) para fazer a patrulha contarão com os policiais militares para percorrer o interior das estações e dos trens e as áreas próximas. Com isso, cerca de 200 mil pessoas que usam esse meio de transporte diariamente terão mais tranquilidade para circular.

    A medida é resultado de acordo de cooperação assinado nesta quarta-feira (16) entre a Polícia Militar e o Metrô-DF. O documento prevê também a troca de experiências entre os policiais e os agentes da companhia. “O objetivo é melhorar a segurança pública com a presença dos policiais nas estações”, resumiu o governador Rodrigo Rollemberg, presente na assinatura do termo. A secretária da Segurança Pública e da Paz Social, Márcia de Alencar, quer que a população perceba a modernização do sistema. “Estamos levando ações como Anjos da Guarda e Cosme e Damião para dentro do metrô para dar resposta mais ágil para a comunidade.”
    “Queremos mais eficiência, rapidez e integração na prestação do serviço. Com isso, teremos um corpo de segurança terceirizado cada vez mais capacitado e pronto para atuar” - (Marcelo Dourado, diretor-presidente do Metrô-DF)

    Segundo o comandante-geral da Polícia Militar, coronel Marcos Antônio Nunes, a estratégia foi pensada com base na análise de índices criminais e por ter grande aglomeração de pessoas. “A segurança é um direito necessário para a garantia de todos os outros direitos e para o desenvolvimento urbano.” Segundo Nunes, trata-se de mais uma medida para diminuir registros de roubos e furtos — crimes contra o patrimônio — que começaram a ter queda em outubro e continuam caindo em novembro.
    A duração do acordo de cooperação é de cinco anos. Os policiais serão deslocados, a princípio, principalmente em horários de pico. A quantidade de militares vai variar de acordo com a necessidade em cada região administrativa. “Queremos mais eficiência, rapidez e integração na prestação do serviço. Com isso, teremos um corpo de segurança terceirizado cada vez mais capacitado e pronto para atuar”, pontuou o diretor-presidente do Metrô, Marcelo Dourado.

    Galeria de Fotos -  (  goo.gl/RvjsTm  )





    Agência Brasília

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário

    imagem-logo
    © Blog do CHIQUINHO DORNAS 2012/2016 Todos os direitos reservados.