• INÍCIO
  • CONTATO
  • MÍDIA KIT
  • ANUNCIE NO BLOG
  • COMENTÁRIOS
  • MAPA DO BLOG
  • quinta-feira, 22 de dezembro de 2016

    RIACHO FUNDO II RECEBE MAIS DE 1 MIL MORADIAS

    Foram entregues nesta quinta-feira (22) as chaves da residência de 1.116 famílias no Riacho Fundo II. Os novos moradores se mudarão para uma área com estrutura de drenagem de água pluvial, ruas pavimentadas, distribuição de energia e iluminação pública. O calçamento será licitado em 2017. 
    A construção das unidades habitacionais na região se iniciou em 2006. O governo do Distrito Federal gastou R$ 56 milhões com as obras de infraestrutura. Foram contempladas as famílias habilitadas na faixa II do Habita Brasília, com renda de R$ 1.601 até R$ 3.275. São 192 casas, com 45 metros quadrados cada uma, e 76 prédios com 924 apartamentos de 50 metros quadrados cada um. As unidades custam R$ 95 mil e R$ 99.990 respectivamente.
    “Desde então, o DF passou por outras gestões. Quando assumimos, o nosso compromisso era exatamente esse: oferecer as condições adequadas para a entrega dos imóveis”, disse o governador de Brasília, Rodrigo Rollemberg, durante a cerimônia na manhã de hoje, em frente ao Condomínio Buriti.
    De acordo com o convênio assinado em 2006, coube ao governo federal — por meio da Secretaria do Patrimônio da União — doar a terra e viabilizar o financiamento das moradias por meio da Caixa Econômica Federal. O governo de Brasília ficou responsável pelas obras de infraestrutura, além de, em parceria com o movimento social, desenvolver o projeto urbanístico e promover a habilitação dos beneficiários.
    Taxa extra
    Durante a entrega, os proprietários reclamaram da cobrança de uma taxa extra de aproximadamente R$ 8 mil por parte da Associação Pró-Morar do Movimento Vida de Samambaia, que representa os beneficiados. A discussão sobre a legalidade da cobrança feita pela instituição se iniciou em 2013.


    *Com assessoria – Brasília 247

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário

    imagem-logo
    © Blog do CHIQUINHO DORNAS 2012/2016 Todos os direitos reservados.