• INÍCIO
  • CONTATO
  • MÍDIA KIT
  • ANUNCIE NO BLOG
  • COMENTÁRIOS
  • MAPA DO BLOG
  • terça-feira, 10 de janeiro de 2017

    Rogério Rosso sugere 'desprendimento' a rival e diz que comando da Câmara não pode ser 'projeto pessoal'


    Rosso lançou sua candidatura à presidência da Câmara nesta segunda-feira (10) por meio das redes sociais (Foto: Reprodução/Facebook)

    Líder do PSD disse que tentará convencer Jovair Arantes (PTB-GO) a retirar candidatura ou avaliará abrir mão da própria; os dois líderes do 'Centrão' devem disputar a presidência da Casa em fevereiro.

    Candidato à presidência da Câmara, o líder do PSD, Rogério Rosso (DF), sugeriu nesta terça-feira (10) que o líder do PTB, deputado Jovair Arantes (PTB-GO), tenha “desprendimento” na disputa interna. O parlamentar petebista oficializou nesta terça sua candidatura na corrida pelo comando da Casa.

    Derrotado por Rodrigo Maia (DEM-RJ) na eleição que elegeu, em julho, o sucessor de Eduardo Cunha (PMDB-RJ), Rogério Rosso disse que tem esperança de convencer Jovair a abrir mão da candidatura para apoiar a nova tentativa do parlamentar do PSD de comandar a Câmara.

    Rosso e Jovair fazem parte do "Centrão", bloco de partidos de centro-direita criado por Cunha que faz parte da base de apoio do presidente Michel Temer no Congresso Nacional. O grupo possui cerca de 200 votos na Câmara.

    O líder do PSD, no entanto, levantou, pela primeira vez, a possibilidade de sair da disputa eleitoral para apoiar o colega do "Centrão". Ele afirmou que pode analisar a hipótese de desistir da campanha.

    "O deputado do Distrito Federal se lançou candidato à presidência da Câmara nesta segunda-feira (9) por meio das redes sociais."

    "Confio no trabalho do Jovair, sei que é um homem sério, um homem sereno e tem chance de conduzir a Casa. Mas quero entender que o deputado Jovair também tem que ter desprendimento. Todos nós temos ter que ter desprendimento, porque um projeto pessoal, e não falo do Jovair, quando você vai muito em cima dele e desconsidera consensos, pode ser projeto como uma selfie", ressaltou Rosso em entrevista coletiva na Câmara na tarde desta terça.

    'Vale-tudo'
    Apesar de garantir que manterá a candidatura própria, o líder do PSD disse que, na opinião dele, “não pode vale-tudo” na disputa eleitoral.

    Rosso também manifestou aos jornalistas preocupação com um eventual "racha" na base aliada de Temer por conta da eleição interna da Câmara.

    “Hoje, a minha candidatura está mantida. Ainda temos três semanas e meia de campanha. A cada dia teremos surpresas”, enfatizou.

    Viagem a São Paulo
    Agora que oficializou a candidatura, Rogério Rosso dará início às viagens pelo país para conversar com colegas da Câmara. Na noite desta quarta (11), ele embarcará para São Paulo.

    O deputado do PSD disse que vai pedir uma audiência com o governador paulista Geraldo Alckmin. A previsão de Rosso é ficar em São Paulo até sexta (13).

    Ele também anunciou que, na semana que vem, fará um giro pelos três estados da Região Sul.



    Por Bernardo Caram, G1, Brasília

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário

    imagem-logo
    © Blog do CHIQUINHO DORNAS 2012/2016 Todos os direitos reservados.