• INÍCIO
  • CONTATO
  • MÍDIA KIT
  • ANUNCIE NO BLOG
  • COMENTÁRIOS
  • MAPA DO BLOG
  • terça-feira, 21 de março de 2017

    O início do outono e de um novo ano - (Outono traz a Brasília fim das chuvas e queda nas temperaturas)


    Por Walder Galvão

    Folhas no chão, gramados marrons, tingidos pela vegetação seca, e árvores completamente nuas. Esses são os primeiros pensamentos quando se imagina o outono. Para o brasiliense, a chegada da estação, iniciada ontem, significa, na prática, o fim do período chuvoso e a diminuição nas temperaturas. De acordo com o Inmet, as precipitações devem se encerrar até o fim de abril. “A vegetação começa a tomar as características do outono tradicional apenas no inverno, em junho, e a temperatura começa a cair no fim de abril”, explica o meteorologista Hamilton Carvalho.

    Além dos fatores climáticos, a chegada do outono traz elementos astronômicos. O equinócio da estação ocorreu ontem, às 7h29. Esse fenômeno é um evento que tem data e horário definidos e marca um período específico, no qual a duração do dia é igual à da noite. “O equinócio ocorre duas vezes ao ano, uma na primavera e outra no outono. Com ele, o dia dura 12 horas e a noite também”, esclarece o físico Daniel Ângelo.

    O físico também explica que o evento ocorre em duas partes do mundo ao mesmo tempo. “Quando o Hemisfério Sul recebe o equinócio de outono,  no Hemisfério Norte ocorre o de primavera e assim sucessivamente. Com isso, é possível indicar astronomicamente o período em que o Sol está”, detalha. Desde ontem, as noites passarão a ter duração maior que os dias, até que ocorra novamente o processo que reverterá o quadro.

    O equinócio significa também o início de um novo ano para os astrólogos. A astróloga Julia Hormann explica que, neste período, o Sol entra na primeira casa do zodíaco: áries. E começa a visitar todos os signos, dando início ao novo ciclo da astrologia. Julia realça que, após o fenômeno, é possível identificar quais as energias que estarão disponíveis em 2017, o que acontecerá no céu durante este ano e, assim, definir maneiras de se portar.

    A astróloga explica que, a partir da análise astrológica, é possível avaliar a tendência dos acontecimentos para este ano. “No mundo todo, inicia-se um ciclo novo zodiacal, regido por saturno, o astro da responsabilidade, da consciência e da maturidade”, completa. No entanto, segundo os astros, o ano será conturbado na capital. “O mapa zodiacal, de março de 2017 ao mesmo período de 2018, calculado para Brasília, mostra um ano de fracos resultados. Júpiter, Urano e Plutão, em pontos estratégicos, caracterizam intensidades e turbulências que ainda acontecerão este ano”, conclui.


    (*) Walder Galvão* - Estagiário sob supervisão de Sibele Negromonte – Foto Daniel Ferreira/CB/D.A.Press – Correio Braziliense

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário

    imagem-logo
    © Blog do CHIQUINHO DORNAS 2012/2016 Todos os direitos reservados.