• INÍCIO
  • CONTATO
  • MÍDIA KIT
  • ANUNCIE NO BLOG
  • COMENTÁRIOS
  • MAPA DO BLOG
  • sábado, 10 de junho de 2017

    Planetário faz sessão para casais no Dia dos Namorados, explorando o céu de Brasília

    Via Láctea visível no centro e luminosidade de Brasília abaixo no horizonte. (Foto: Clube de Astronomia de Brasília/ Reprodução)

    Evento especial é neste domingo, ao som de violoncelos. Astrônomo diz que Saturno estará mais próximo da Terra, deixando a noite ainda mais bonita.

    Famoso, o céu de Brasília já serviu de inspiração para letras de músicas, poesias, rendeu boas fotografias e neste fim de semana será pano de fundo para os românticos. Com trilha da Escola de Música de Brasília, o Planetário abre sessões especiais para os casais neste domingo (11), a partir das 9h30. A programação inclui projeção na cúpula ao som de violoncelos.

    Os namorados poderão observar, a partir das 18h30 no lado de fora do Planetário, além da lua, planetas como Saturno, Júpiter e uma aglomeração de estrelas, chamada Caixinha de Joias.

    “São estrelas de várias cores, uma perto da outra e perto do Cruzeiro do Sul [constelação]”, explicou o presidente do Clube de Astronomia de Brasília (CAsB), Augusto Ornellas. O astrônomo também contou que no dia do evento Saturno estará mais próximo da Terra, garantindo “boa visibilidade”.

    Para a observação, o CAsB irá disponibilizar telescópios na área externa do planetário. O astrônomo garante que os apaixonados terão uma experiência diferenciada.

    “Brasília tem uma coisa muito boa que nessa época do ano, de seca, temos o céu bem limpo quase todas as noites. Se afastar um pouco das luzes da cidade já dá para ver muitas coisas.”
    'Lua Azul', segunda lua cheia do mês de julho, aparece sobre o Palácio da Alvorada, em Brasília (Foto: Eraldo Peres/AP)

    '" que mais me fascina em Brasilia, a cidade ou o poder? O céu.'"

    O verso acima é do poeta de Brasília, Nicolas Behr que busca no céu da capital inspiração para a poesia. Para ele, contemplar o céu estrelado gera calma, dá paz, mas é ao mesmo tempo estimulante.

    “O céu aqui é fascinante pela amplitude que tem. Aqui ele é 360º. Em outros lugares o horizonte é fragmentado, cercado por montanhas, ou florestas. Aqui tem amplidão, é maior.”

    Perguntado sobre o porquê dos astros e estrelas serem imagens românticas, o presidente do Clube de Astronomia de Brasília explicou que a relação do homem com o céu entra no campo da história e filosofia.

    “O homem tem esse fascínio pelo céu desde que nos tornamos humanos. A primeira coisa que o homem fez foi olhar para o céu e foi a partir daí que começou a entender a natureza”, afirma Ornellas.
    Painéis fotográficos que integram a mostra Universo Surpreendente, em exposição no planetário do DF (Foto: Andre Borges/Agência Brasília)

    Além da observação do céu, o Planetário de Brasília terá também duas sessões comentadas de "O Reino de Luz", às 14h30 e às 16h, com uma temática especial para o Dia dos Namorados.

    A projeção na Cúpula terá sonorização especial realizada pela Escola de Música de Brasília na sessão das 18h30. Alunos da Orquestra de Violoncelos Noturno Iniciantes farão a trilha sonora de uma viagem pelo Universo.
    Montagem dos Planetas Saturno, Marte e Júpiter (Foto: Clube de Astronomia de Brasília/ Reprodução)

    Este é o terceiro ano em que o Planetário de Brasília faz uma programação especial para o Dia dos Namorados. Operadora de bilheteria, Bruna Freitas conta que apaixonados são frequentadores fiéis do local.

    “Acho que eles gostam da proposta. E [lá dentro] são 18 graus. É bem friozinho, tudo propício para casais.” .

    Os ingressos para a sessão especial de domingo são gratuitos, mas devem ser retirados no local, uma hora antes do evento.




    Por Yasmim Perna*, G1 DF *Sob supervisão de Maria Helena Martinho

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário

    imagem-logo
    © Blog do CHIQUINHO DORNAS 2012/2016 Todos os direitos reservados.