• INÍCIO
  • CONTATO
  • MÍDIA KIT
  • ANUNCIE NO BLOG
  • terça-feira, 13 de março de 2018

    À QUEIMA-ROUPA: Deputado distrital Chico Leite (Rede)


    Deputado distrital Chico Leite (Rede)

    “A melhor reforma política é a que se faz nas eleições, com a operação lava-voto”

    A Rede estará com Rollemberg nas eleições?
    Preferiria perguntar a ele se estará com a Rede, porque temos projeto para o Brasil e para Brasília.

    Do que depende exatamente essa decisão?
    Estamos ouvindo apoiadores, filiados  e simpatizantes, para refletir uma posição do conjunto da sociedade. Não é do nosso perfil excluir pessoas ou boas ideias, mas a Rede só se reunirá em torno de causas, não de cargos.

    A Rede perdeu dois deputados federais. Ainda é possível pensar na candidatura da Marina Silva à Presidência?
    A pré-candidatura de Marina é um anseio da população, que quer renovar a politica  e rejeita esse sistema de monopólio dos partidos, que transformou as legendas em balcões de negócio ou em mero instrumento de luta pelo poder. Nossa aliança é com a sociedade.

    Com quem a Rede não topa se aliar no DF?
    Para nós, é fundamental a ficha-limpa, ideias e propostas para o país e para a nossa capital, e a política como serviço, e não para se servir dela. Basta da velha política do toma-lá-da-cá, dos conchavos de gabinetes e do loteamento do Estado.

    E nacionalmente?
    Nossa política de alianças é conceitual. Vale para todos aqueles que quiserem exercer um cargo público pela Rede. 

    Do que depende sua candidatura?
    Marina tem caminhado pelo Brasil e eu, pelas cidades do DF, procurando dialogar com as pessoas de bem e conscientizá-las de que as mudanças que elas tanto desejam só dependem delas, porque a melhor reforma política é a que se faz nas eleições, com a operação lava-voto.

    Seu irmão, Valdir Oliveira, é cotado para ser vice de Rollemberg. Acredita que isso ocorrerá?
    Meu irmão é honesto e competente e tem qualificação para ser candidato a governador. Mas, pelo que conheço dele, não ficará contra mim em hipótese nenhuma.

    *****
    Herdeiro da política
    Na cerimônia realizada na semana passada em homenagem às mulheres constituintes, Andre Octávio Kubitschek representou sua avó Márcia Kubitschek e fez questão de se sentar na mesma cadeira que seu pai Paulo Octávio ocupou no Senado Federal. André, que é bisneto de JK, deve se filiar a algum partido até sete de abril, prazo final para quem pretende concorrer em outubro. Vai para a legenda em que estará o pai



    Ana Maria Campos – Coluna “Eixo Capital” – Fotos: Minervino Junior/CB/D.A.Press -  Correio Braziliense




    Nenhum comentário:

    Postar um comentário

    imagem-logo
    © Blog do CHIQUINHO DORNAS 2012/2018 Todos os direitos reservados.