Frio antecipa florada dos ipês-roxos no Distrito Federal - Blog do Chiquinho Dornas

NEWS



test banner
test banner

terça-feira, 26 de maio de 2020

Frio antecipa florada dos ipês-roxos no Distrito Federal


Frio antecipa florada dos ipês-roxos no Distrito Federal. Em 2020, Novacap já plantou cerca de 30 mil novas árvores em vários pontos do DF. Árvore típica do Cerrado encanta população anualmente 

Quem anda pelas ruas do Distrito Federal já começa a notar a florada dos primeiros ipês-roxos, considerados a árvore símbolo de Brasília, e a se questionar se já está na época de começar este espetáculo. De acordo com Raimundo Silva, chefe do Departamento de Podas e Jardins da Companhia Urbanizadora da Nova Capital (Novacap), as condições climáticas atípicas de 2020, com a incidência de frio antes do que é normal, fez com que também o desabrochar da espécie fosse antecipado.
Ele explica que a floração do ipê-roxo ocorre no período entre junho e agosto, com a árvore despida de folhagem, mas pode surgir em meses anteriores juntamente com o período prematuro de estiagem e frio. No entanto, as flores podem coexistir com folhas velhas.

“Uma mesma planta pode florescer mais de uma vez na mesma estação, apresentando uma primeira floração com menor intensidade, limitada a alguns galhos, como já podemos observar em alguns pontos de Brasília”, ressalta Raimundo.
Responsável pela arborização e manutenção de todas as áreas verdes em Brasília, a Novacap tem catalogados cerca de 250 mil ipês em todo o  Distrito Federal, entre roxos, amarelos, brancos, rosa e o raro ipê-verde.
Somente em 2020 a companhia já plantou cerca de 30 mil novas árvores em vários pontos da cidade. Com destaque para o Eixo Monumental, que recebeu mais de três mil mudas, e a Estrada Parque Taguatinga (EPTG), contemplada com 2,5 mil ipês, o que motivou o apelido carinhoso de IpêTG. Ainda jovens, estas árvores devem florescer em cinco anos, aproximadamente.
Árvore nativa nos cerrados e matas ciliares do Distrito Federal e das regiões Centro-Oeste, Norte, Nordeste e Sudeste, as diversas espécies de ipês desabrocham entre os meses de junho e setembro, com copa totalmente desfolhada. E obedecem a um “calendário” de floradas, começando pelo ipê-roxo, que já começa a dar as caras na capital federal, seguido pelas espécies amarelo, branco, rosa e verde.
Onde tem ipê-rôxo: A espécie é muito utilizada pelo Departamento de Parques e Jardins da Novacap na arborização de Brasília. Árvores adultas podem ser vistas ao longo dos canteiros paralelos aos Eixos Rodoviários Sul e Norte; nas superquadras 216 Norte e 114 Sul; às margens da via W5 Sul; no canteiro central da Avenida das Nações, em frente à Embaixada do Iraque; e no canteiro central da Estrada Parque Indústria e Abastecimento (Epia), nas proximidades da Região Administrativa do Cruzeiro.
Exemplares isolados podem ser observados em quase todas as quadras de Brasília. Além disso, no Taguaparque, existe um espaço dedicado à espécie, a Praça do Respeito. No local foram plantados 26 ipês-roxos.


* Com informações da Novacap






Nenhum comentário:

Postar um comentário