• INÍCIO
  • CONTATO
  • MÍDIA KIT
  • ANUNCIE NO BLOG
  • COMENTÁRIOS
  • MAPA DO BLOG
  • sexta-feira, 29 de janeiro de 2016

    Legalização dos cassinos pode aumentar a arrecadação de tributos e geração de empregos

    Secretário Adjunto de Turismo da Secretaria de Economia, Desenvolvimento Econômico e Turismo de Brasília, Jaime Recena

    Legalização dos cassinos pode aumentar a arrecadação de tributos e geração de empregos

    A legalização dos cassinos no Brasil foi uma das contribuições da Frente Parlamentar Mista em Defesa do Turismo no Congresso ao documento entregue, nesta terça-feira (26), ao ministro da Fazenda Nelson Barbosa. Nele estão as propostas debatidas na Comissão de Turismo da Câmara dos Deputados, em novembro de 2015. O fomento do turismo, a geração de empregos e o aumento da arrecadação de tributos são as principais vantagens apontadas para a legalização dos jogos, além da manutenção do turista brasileiro no país e a vinda de estrangeiros para jogar no Brasil.

    O secretário Adjunto de Turismo, Jaime Recena, chama atenção para a necessidade da regulamentação dos jogos porque os brasileiros movimentam bilhões que não chegam ao Brasil. “O fato é que existem muitos brasileiros jogando, principalmente pela internet, em sites que estão hospedados em paraísos fiscais. A arrecadação não vem para o nosso país, um dinheiro poderia ser investido na estrutura turística das cidades ou, até mesmo, em saúde e educação. Havendo a regulamentação, Brasília também pode ganhar muito, desde oportunidades de emprego”,  afirma.

    O presidente da Frente Parlamentar Mista em Defesa do Turismo no Congresso Nacional, deputado federal Herculano Passos, afirma que o setor tem grande importância para o desenvolvimento econômico e social do País. “Com a crise econômica, o próprio Governo Federal voltou a cogitar a legalização dos jogos e, apenas com os cassinos, o Brasil poderá arrecadar R$ 20 bilhões já no primeiro ano e chegar a R$ 100 bilhões nos próximos dez. Os cassinos também movimentam a economia e geram emprego e renda”, salienta o deputado.

    Outras sugestões apresentadas pela bancada ao ministro dizem respeito à reforma da Previdência, ao pacto federativo e à regulamentação da terceirização. O principal objetivo das propostas é priorizar a geração de empregos e reconhecer o potencial produtivo do país. O documento sugere também a ampliação de crédito para as empresas e a criação de um Comitê Intergovernamental de Competitividade, com o objetivo de fortalecer os esforços para o reaquecimento da economia.

    O ministro da Fazenda recebeu muito bem as propostas, afirmando que compreende e concorda com grande parte das sugestões da bancada, pois elas têm o mesmo objetivo do governo: estabilizar a economia e controlar a inflação.




    Foto de Lula Lopes

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário

    imagem-logo
    © Blog do CHIQUINHO DORNAS 2012/2016 Todos os direitos reservados.