• INÍCIO
  • CONTATO
  • MÍDIA KIT
  • ANUNCIE NO BLOG
  • COMENTÁRIOS
  • MAPA DO BLOG
  • quinta-feira, 23 de junho de 2016

    #Ioga - Uma pausa para respirar - (O vice-chefe da Missão da Embaixada da Índia Abhay Kumar, convida toda a comunidade)

    Em celebração ao Dia Internacional de Ioga, cerca de 200 pessoas se reuniram em frente ao Memorial dos Povos Indígenas para um aulão. O evento, promovido pela Embaixada da Índia, ocorreu simultaneamente em 193 países
    O local escolhido em Brasília para celebrar a data foi no coração da cidade: pessoas de várias idades reunidas na mesma sintonia

    Descobrir o equilíbrio entre o corpo e a mente em busca da qualidade de vida vai além de uma recomendação médica. É questão de opção. Basta estender uma esteira no chão, seguir as instruções do mestre e pronto. Os alunos estão preparados para seguir os princípios da ioga. Na manhã de ontem, em comemoração ao Dia Internacional de Ioga, a Embaixada da Índia promoveu um ato em celebração à data: Yoga para Harmonia & Paz. O local escolhido foi o gramado do Memorial dos Povos Indígenas, no Eixo Monumental.

    De acordo com o vice-chefe da Missão da Embaixada da Índia, Abhay Kumar, o dia foi celebrado mundo afora, em 193 países. “A prática é importante não só para a saúde, como também para a harmonia. Costumo dizer que a ioga adiciona vida aos anos e anos à vida”, afirmou Abhay. A estimativa dos organizadores é que 200 pessoas tenham participado da aula especial. “No Distrito Federal, escolhemos fazer o evento nesse lugar porque é um local simbólico da cidade. A perfeita combinação entre a tradição, que está representada pelo Memorial JK, e a modernidade do museu dos povos indígenas”, acrescentou.

    Segundo o embaixador indiano Sunil Lal, a Organização das Nações Unidas (ONU) instituiu como o Dia Internacional de Ioga a data de 21 de junho. “Para iniciar o evento, foi transmitida uma mensagem do nosso primeiro-ministro, com o objetivo de trazer boas vibrações à comemoração. Ele pratica ioga e está feliz que esse patrimônio da Índia esteja repercutindo por todas as partes do mundo. Quem participa dessa atividade está um passo à frente em perceber o benefício: um completo sistema de saúde capaz de melhorar vidas”, disse o embaixador.

    Quando se fala em ioga, logo se imaginam posições dificílimas, relaxamento e autocontrole. A bancária Adriana Mattoso, 47 anos, começou a praticar o exercício há cinco anos. “Costumo frequentar as aulas uma ou duas vezes por semana. Desde que comecei a fazer, a minha vida ganhou mais tranquilidade e menos ansiedade. Muitas pessoas acham que é difícil, mas não é. A prática ao ar livre é bem diferente. A gente interage com a natureza, e isso nos traz uma paz muito grande”, comentou.

    A administradora Fernanda França Brisolla, 55, levou a sobrinha Tatiana Brisolla, 36, ao evento. “Esta é uma manhã muito agradável. Nada melhor do que comemorar esse dia com um aulão. A proposta é interessante porque o mundo inteiro está com o foco voltado para a prática. O ser humano precisa se lembrar dessa energia sutil e delicada do amor, diariamente.”
    "Costumo frequentar as aulas uma ou duas vezes por semana. Desde que comecei a fazer, a minha vida ganhou mais tranquilidade e menos ansiedade" Adriana Mattoso, bancária
    "Eu sempre fiz triatlo e comecei a ioga como auxílio à prática esportiva. Hoje, estou mais tranquilo e equilibrado" Robson Figueiredo, servidor público

    Conexão e foco
    Qualquer pessoa saudável pode fazer ioga. A questão é não exigir muito de si, principalmente nas primeiras aulas. “O ritmo é pessoal. Essa modalidade é indicada para quem busca o bem-estar e a qualidade de vida. A ioga estabelece uma atenção plena nas ações. O corpo físico entra em conexão com a mente e faz com que desperte para uma nova realidade de integração”, ressaltou Giselle Vilela da Silva, 37, instrutora da modalidade há mais de cinco anos.

    Por exigir muito dos músculos e aumentar em até 80% a capacidade respiratória, o exercício é muito recomendado para aumentar o desempenho dos atletas. Praticante da ioga, o servidor público Robson Figueiredo, 38, sente que o benefício é mais do que físico. “Eu sempre fiz triatlo e comecei a ioga como auxílio à prática esportiva. Hoje, estou mais tranquilo e equilibrado. Com o método, a gente consegue frear a correria da rotina e aumentar o rendimento nas atividades”, afirmou Robson.

    Prática diária
    O vice-chefe da Missão da Embaixada da Índia, Abhay Kumar, convida toda a comunidade a participar das aulas de ioga na embaixada, “para trazer mais equilíbrio para o dia a dia”. A prática ocorre todas as segundas, terças e quintas, às 17h30. A entrada é gratuita e o espaço está aberto a todos os públicos.



    Fonte: Nathália Cardim – Fotos: Marcelo Ferreira/CB/D.A.Press -Correio Braziliense

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário

    imagem-logo
    © Blog do CHIQUINHO DORNAS 2012/2016 Todos os direitos reservados.