• INÍCIO
  • CONTATO
  • MÍDIA KIT
  • ANUNCIE NO BLOG
  • COMENTÁRIOS
  • MAPA DO BLOG
  • quinta-feira, 22 de setembro de 2016

    Emissão de passaporte é restringida a só uma unidade do Na Hora no DF

    Servidora da Polícia Federal passa passaporte por scanner (Foto: Toninho Tavares/Agência Brasília)

    "Medida adotada pela Polícia Federal passa a valer a partir de 3 de outubro. Unidade do Riacho Fundo fica a 20 km de distância da Rodoviária do Plano"

    O governo do Distritro Federal anunciou nesta quinta-feira (11) que o Na Hora do Riacho Fundo I será o único local para solicitação de passaporte a partir de 3 de outubro. Com isso, a unidade da Rodoviária do Plano Piloto deixa de atender quem quer pedir o documento. O posto do Riacho Fundo fica a 20 quilômetros de distância da Rodoviária, na área central de Brasília.

    Segundo o diretor de qualidade do Na Hora, Eduardo Calheiros, a mudança partiu da Polícia Federal. "Eles alegaram que precisavam concentrar os serviços em somente uma unidade. [Os policiais federais] Têm o Riacho Fundo como uma agência modelo, pela satisfação e velocidade do atendimento", afirmou.

    "Pelo estudo que eles fizeram, o Riacho Fundo comporta toda a estrutura da Rodoviária. A questão de dificultar por ser mais central, nós discutimos também. Levamos em consideração que a pessoa que vai mexer com passaporte vai fazer isso uma vez a cada dez anos", declarou Calheiros. "Havia muita insatisfação na rodoviária pela falta de estacionamento."

    "A questão de dificultar por ser mais central, nós discutimos também. Levamos em consideração que a pessoa que vai mexer com passaporte vai fazer isso uma vez a cada dez anos"
    (Eduardo Calheiros, diretor de qualidade do Na Hora)

    De acordo com a Polícia Federal, a mudança vai melhorar a qualidade do serviço porque a estrutura da rodoviária é "limitada" e do Riacho Fundo é "superior". A corporação não detalhou o que deixa a estrutura de uma unidade melhor ou pior do que outra. Nenhum delegado pôde falar com o G1 por causa da Olimpíada, disse a Polícia Federal.

    Números divulgados pelo governo mostram que a unidade da rodoviária recebeu 34.843 atendimentos de solicitação de passaporte (11% dos cerca de 300 mil atendimentos daquela unidade) desde o começo do ano. No mesmo período, o Na Hora do Riacho Fundosomou 55.860 atendimentos de emissão de passaporte (36% dos serviços na unidade).

    Na Rodoviária, há sete guichês de atendimento. A unidade do Na Hora do Riacho Fundo conta com 11 guichês e vai passar a ter 18 após a migração. Entre 22 de agosto e 30 de setembro, a entrega será somente realizada na rodoviária. "Posso dizer também que estamos estudando uma ampliação do atendimento em outras unidades do Na Hora, até para atender uma região que não esteja contemplada hoje", continuou Calheiros.

    'Melhor atendimento'
    “A Polícia Federal tem o melhor atendimento do Brasil no Riacho Fundo I. Na unidade, existem várias opções de estacionamento, e já constatamos que o público que procura esse atendimento utiliza carro”, afirmou o susbsecretário de Modernização do Atendimento Imediato ao Cidadão (Na Hora), da Secretaria de Justiça, Aluizio Stremel.

    Apesar de não ser possível chegar à unidade do Riacho Fundo de metrô, o subsecretário afirma que a mudança traz “comodidade” porque o governo alega que a maioria dos solicitantes de passaporte usa o carro como meio de transporte. É possível chegar ao local de ônibus ao descer na via EPNB.

    "A Polícia Federal tem o melhor atendimento do Brasil no Riacho Fundo I. Na unidade, existem várias opções de estacionamento, e já constatamos que o público que procura esse atendimento utiliza carro"
    (Aluizio Stremel, susbsecretário da Secretaria de Justiça e Cidadania)

    Serviço
    A emissão de passaportes no Na Hora do Riacho Fundo I ocorre de segunda a sexta-feira, de 7h30 a 18h30. O posto fica no shopping Riacho Mall, na quadra 7 do Riacho Fundo.

    Para solicitar um passaporte, é necessário preencher o formulário no site do Departamento de Polícia Federal e emitir a Guia de Recolhimento da União, com taxa no valor de R$ 257,25. A validade do documento é de dez anos.

    A pessoa interessada em retirar o documento deve comparecer ao posto do Na Hora com a papelada necessária, a guia paga e o protocolo do pedido. A fotografia é feita na hora.

    No posto da Polícia Federal do Aeroporto de Brasília, permanece o serviço de emissão do passaporte de emergência, concedido em hipóteses como catástrofes naturais, conflitos armados ou necessidade de viagem imediata por motivo de saúde. A emergência, no entanto, precisa ser comprovada, e esse tipo de passaporte não serve para fins de turismo.

    Atrasos
    Em junho, os passageiros do Distrito Federal que buscaram a emissão do passaporte levavam até 45 dias corridos para receber o documento. A situação ocorreu por causa escassez de matéria-prima para imprimir as capas do documento na Casa da Moeda, no Rio de Janeiro. Segundo o órgão, havia baixo estoque para atender a demanda atrasada. Em algumas regiões, a espera chegava a três meses por causa do "efeito cascata".

    Roubo
    Uma loja de telefonia do shopping Riacho Mall, onde se encontra a agência do Na Hora, foi alvo de um assalto nesta sexta-feira (12). Segundo testemunhas, os suspeitos levaram cerca de cem celulares. Os homens fugiram e não foram presos até a publicação desta reportagem.
           Fachada do Shopping Riacho Mall, no Riacho Fundo (Foto: Google/Reprodução)



    Gabriel Luiz e Alexandre Bastos Do G1 DF

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário

    imagem-logo
    © Blog do CHIQUINHO DORNAS 2012/2016 Todos os direitos reservados.