Amor e ódio - Blog do Chiquinho Dornas

NEWS



segunda-feira, 1 de janeiro de 2018

Amor e ódio

Amor e ódio

“Bandido bom é bandido morto.”
“Matou pouco.”
“Bom era na ditadura.”
“Ninguém apanha sem motivo.”
“Mas, também, as mulheres de hoje em dia...”
“Com essa roupa, ela pediu para ser estuprada.”
“Não sou homofóbico, mas...”
“Não sou homofóbico, tenho até amigo gay.”
“Não sou racista, mas...”
“Não sou racista, tenho até amigo negro.”
“Não sou machista, mas feminista é tudo...”
“Cracudo tem que ser fuzilado.”
“Mendigo é tudo vagabundo.”
“Grevista tem tudo que apanhar da polícia.”
“Feliz por ver essa senhora provando do veneno que criou.”
“Feliz Natal, que a paz de Deus reine em nossos corações.”
“Tenha um feliz ano-novo repleto de paz, prosperidade e amor.”

Sejamos menos hipócritas, menos egoístas e menos raivosos. Busquemos mais informações sobre o nosso passado para evitarmos a repetição de erros. Sejamos mais humildes, ouçamos e leiamos mais. Gritemos menos, debatamos mais. Pratiquemos de fato o que todos os deuses nos ensinaram e nos ensinam. Sejamos mais honestos em nossos atos, com os outros e conosco mesmos. Olhemos menos para os nossos umbigos e mais para os outros. Peçamos menos, cedamos mais. Julguemos menos, amemos mais.

Em 2018 e sempre.


Por Severino Francisco – Jornalista, colunista do Correio Braziliense – Foto/Ilustração: Blog/Google

Nenhum comentário:

Postar um comentário