• INÍCIO
  • CONTATO
  • MÍDIA KIT
  • ANUNCIE NO BLOG
  • COMENTÁRIOS
  • MAPA DO BLOG
  • quinta-feira, 7 de julho de 2016

    Sistema via satélite vai monitorar veículos da Secretaria de Saúde

    Central vai operar em tempo real

    Com a instalação do sistema de monitoramento e rastreamento de veículos via satélite, iniciado neste mês, os 672 automóveis e utilitários que integram a frota da Secretaria de Saúde do Distrito Federal terão os trajetos diários acompanhados em tempo real, com indicadores de localização, quilometragem percorrida e velocidade, com a possibilidade de acionamento de bloqueios eletrônicos imediatos, em caso de roubo ou furto.

    “Com a implantação do projeto, que deve estar concluído em cerca de 30 dias, esperamos uma redução nos gastos com combustível de 30% a 40%, além de uma substancial redução no tempo de deslocamento, com a escolha de rotas mais econômicas”, estima o subsecretário de Logística e Infraestrutura da Marcello Nóbrega.

    O acompanhamento dos veículos será realizado em uma central de monitoramento, em fase de instalação no Parque de Apoio da secretaria, localizado no Setor de Indústrias e Abastecimento, que será integralmente gerenciada por apenas dois servidores da instituição. “Parados ou em movimento, os veículos terão sua localização identificada on line, diretamente nas telas da central. Quando estão em deslocamento, as informações são transmitidas em tempo real. Se estacionados, de dois em dois minutos”, explica Nóbrega.

    APOIO - Ele não esconde o entusiasmo com a implantação do sistema, que vai gerar não somente economia de recursos, mas a melhoria das condições de segurança dos servidores e usuários. “Poderemos acompanhar o trajeto e o posicionamento de todos os veículos simultaneamente. No caso de uma ambulância sofrer uma pane, por exemplo, será acionada de forma imediata a unidade que estiver mais próxima, ganhando tempo e salvando vidas”.

    Atualmente, a secretaria mantém em operação em torno de 120 ambulâncias, sendo 70 unidades destacadas para o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU).

    A instalação dos transmissores de GPS está sendo feita de forma gradual, “mas em ritmo acelerado”, e deverá estar concluída até o final desse mês. Uma vez finalizada a implantação, não apenas a central de monitoramento, mas todas as gerências de transportes regionais da Secretaria de Saúde do DF terão acesso ao sistema, assegurando o controle integral da frota.  O gasto com a implantação do sistema será de cerca de R$ 700 mil por ano.




    Nenhum comentário:

    Postar um comentário

    imagem-logo
    © Blog do CHIQUINHO DORNAS 2012/2016 Todos os direitos reservados.