• INÍCIO
  • CONTATO
  • MÍDIA KIT
  • ANUNCIE NO BLOG
  • COMENTÁRIOS
  • MAPA DO BLOG
  • sexta-feira, 23 de setembro de 2016

    Operação Drácon: Trabalho continua, mas equipe pode mudar

    Companheiro de espionagem
    Foi o marido da deputada Liliane Roriz, Matheus Bastos, quem instalou o equipamento para gravar a conversa dela com o ex-senador Luiz Estevão em março do ano passado. Ele estava irritado com a pressão que Liliane vinha sofrendo para atender aos pedidos de Estévão pela vinculação ao PRTB.

    Trabalho continua, mas equipe pode mudar 
    Independentemente do resultado da disputa interna, a investigação da Operação Drácon continua. Um recuo não seria aceito pelos integrantes do Ministério Público do DF. Mas cada procurador-geral de Justiça tem a prerrogativa de escolher a sua equipe na assessoria criminal, na inteligência e na coordenação do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco).

    Mensagens reveladoras
    Todas as gravações entregues pela deputada Liliane Roriz (PTB) ao Ministério Público do DF foram feitas pelo telefone. Ela entregou o aparelho Iphone 5S aos promotores de Justiça. Além das conversas em áudio, (há as mensagens por WhatsApp.)

    Tempo contra
    A expectativa da defesa da deputada Celina Leão (PPS) era um julgamento rápido do recurso, protocolado no Tribunal de Justiça do DF, que pede o retorno dela à presidência da Câmara Legislativa. Mas o relator, desembargador José Divino, decidiu ouvir o Ministério Público do DF, antes de elaborar o voto que vai levar ao Conselho Especial. Como o MPDFT terá cinco dias para apresentar seus argumentos, o caso será analisado apenas em outubro. O tempo conta contra Celina, uma vez que o mandato dela na presidência da Casa termina em 31 de dezembro. Por isso, é possível que os advogados busquem um novo recurso em instância superior.

    Candidata
    A deputada Sandra Faraj (SD) está em campanha para se tornar a candidata à presidência da Câmara Legislativa do grupo comandado por Celina Leão (PPS). Essa foi a avaliação de vários deputados depois que Sandra propôs um pacto para arquivar as representações contra os investigados na Operação Drácon.



    Fonte: Ana Maria Campos – Coluna “Eixo Capital” – Fotos:Edy Amaro-Esp.CB/D.A.Press – Correio Braziliense

    Nenhum comentário:

    Postar um comentário

    imagem-logo
    © Blog do CHIQUINHO DORNAS 2012/2016 Todos os direitos reservados.