• INÍCIO
  • CONTATO
  • MÍDIA KIT
  • ANUNCIE NO BLOG
  • sexta-feira, 9 de março de 2018

    Estádio Mané Garrincha: Dez anos de “My House” no cenário da música eletrônica


    Dez anos de “My House” no cenário da música eletrônica - Idealizadores e produtores do projeto, que há uma década movimenta a capital, falam sobre mercado, desafios e conquistas
    Como tantos outros projetos que dão certo e se tornam referência no mercado de festas e eventos, a My House começou de maneira descontraída e natural, em uma reunião de amigos, que mantinham em comum a paixão pela música eletrônica. A escolha do nome, não foi à toa, a ideia era passar uma mensagem de “confraternização”, receber amigos em casa ao som de uma boa batida. E o resultado? Dez anos de sucesso com edições em mais de nove cidades do Brasil, levando ao público inúmeras atrações nacionais e internacionais.

    Para comemorar o sucesso da marca, Brasília recebe no próximo dia 10 de março a primeira edição especial de aniversário. “Preparamos uma experiência incrível, não apenas uma festa em comemoração, mas uma trilogia com cenários temáticos, drinks e é claro música com os grandes nomes da cena eletrônica. O local escolhido não podia ser diferente, o Estádio Nacional, lugar onde realizamos nossa última edição e onde superamos nossas expectativas”, afirma o produtor Henrique Ferreira.

    Começo
    Foi em 2008, data da primeira edição, que tudo começou. A produção das festas foi crescendo rápido, até que em 2012 novas parcerias e o interesse de artistas do ramo em participar do projeto, fez com que a marca evoluísse para outro patamar. Os produtores e idealizadores Henrique Ferreira, Davi Arnez e Thiago Secci não tinham ideia da grandiosidade que a festa viria a se tornar e a surpresa foi a melhor possível, a maré de crescimento estava apenas começando.
    Em 2013 aconteceu a edição de 5 anos, que passou por estados como São Paulo, Goiás e Distrito Federal. No ano seguinte, foi a vez do Rio de Janeiro com a edição "My House Summer Fresh". Em 2015, 7 anos com uma atração especial, Justin Martin (EUA). Para 2016, o destaque foi na edição "My House Férias".

    Mercado promissor
    Uma década observando o cenário da música e o público que frequenta as festas My House, trouxe experiência e Know how para os produtores que reafirmam o que já haviam notado anos atrás: este é, sem dúvida, um mercado promissor. “A cena da música eletrônica, de modo geral, começou a tomar proporções grandes em Brasília e atingir um público cada vez maior. Outro ponto que notamos é que o contexto underground deixou de ser uma versão ‘fundo de quintal’ e passou a atrair diversos públicos. Podemos dizer que os eventos passaram de formatos informais para profissionais”, destaca Henrique Ferreira.
    De acordo com Henrique, o ramo da música eletrônica, em Brasília e em todo o Brasil, está crescendo e os produtores se profissionalizando. “ O cenário como um todo, tanto em Brasília como no Brasil, está em fase de crescimento, os artistas e produtores estão se profissionalizando e buscando ir cada vez mais fundo, observando novas tendências, pesquisando e até proporcionando novas experiência para o público. Não percebemos isso apenas no segmento da música, mas também nas produções dos eventos de modo geral, nas cenografias e performances propostas, nas revistas e blogs e até mesmo nas lojas online do segmento”, ressalta.

    Retrospectiva 2017 e expectativas 2018
    O ano não poderia ter começado melhor para os sócios da My House, afinal, o ano passado trouxe muitas surpresas e superou as estimativas da equipe, o que contribuiu para as apostas em 2018. Foram três edições em 2017, que aconteceram nos meses de janeiro, julho e novembro e todas elas tiveram recorde de público. “ O ano passado foi muito especial para a My House em vários aspectos. Nós batemos recorde em número de pessoas, trouxemos grandes nomes da música eletrônica internacional e tivemos um excelente feed back”, aponta Henrique.

    Para 2018, ano em que a My House completa dez anos, o público pode esperar por eventos especiais. “As edições de 2018 compõe uma trilogia para a grande comemoração dos dez anos da marca. É como se cada uma formasse um capítulo da nossa comemoração, e por isso estão conectadas. As três festas submergirão o público em um mar de experiências únicas que vão brincar com a noção de espaço e tempo. Vale ressaltar, que para compreender e aproveitar 100% dessa experiência que está sendo proposta, é importante estar presente nos três episódios dessa história”, afirma Henrique.

    Entre os destaques das próximas edições, estão atrações internacionais e inéditas, experiências visuais incríveis que irão contar com cenografia e performances únicas, além de drinks exclusivos e personalizados, resultado de parcerias com reconhecidos estabelecimentos de Brasília, como Bendito Suco e Taj. “ O nosso objetivo nesse ano, que está começando, é trabalhar para que a edição continue batendo recordes, com a qualidade e profissionalismo que sempre estiveram presentes em nossos eventos”, aponta Henrique.

    A primeira delas, a “Under Light Of Evolution”, que acontece no dia 10 de março, no Estádio Nacional de Brasília Mané Garrincha, terá novidades. “Fechamos uma parceria com o Taj Bar Brasília e teremos louges Taj e o bar temático Taj Pharmacy. Além disso, contaremos com uma exclusiva área de backstage. A estrutura, de modo geral, terá uma pegada futurista, com bastante cor e brilho. Entre os nomes para a primeira edição do ano estão Sonny Fodera, Ashibah, Tough Art, Nicolau Marinho, Raul Mendes, Catz n Hood e MKJAY”, adianta Henrique.
    Serviço My House - Capítulo 1 - Under Light Of Evolution

    Local: Estádio Nacional de Brasília Mané Garrincha - Data: 10/03 - Preço:   a partir de R$60 - Pontos de venda: 4evinte (102/103 sul e 310 norte), 5uinto bar (102 norte), Vitorine (Terraço Shopping e Águas Claras Shopping.


    Por: Camila Muguruza - (61) 3344-7163 / 9 9909-4518


    Nenhum comentário:

    Postar um comentário

    imagem-logo
    © Blog do CHIQUINHO DORNAS 2012/2018 Todos os direitos reservados.