À QUEIMA-ROUPA: Paco Britto Vice-governador do DF - Blog do Chiquinho Dornas

NEWS



test banner
test banner

terça-feira, 2 de fevereiro de 2021

À QUEIMA-ROUPA: Paco Britto Vice-governador do DF

Paco Britto (Avante) Vice-governador do DF

 

Este é um ano importante para a consolidação dos acordos políticos. Como está a sua relação com o governador Ibaneis Rocha? A minha relação com o governador Ibaneis sempre foi e continua sendo de amizade, lealdade e muita confiança. Sempre soube muito bem o papel de um vice, que é o de auxiliar o governador, e sei a minha importância e as minhas atribuições. O governador sabe que nunca quis ir além do espaço que ocupo, de ser vice, e isso deixa a nossa relação muito confortável.

 

Acredita que a dobradinha Ibaneis-Paco vai se repetir nas eleições de 2022? Sim! É um governo que está dando certo, que tem feito muito por Brasília. Na política, assim como no futebol, não mexemos em time que está ganhando. E esse time, comandado pelo governador Ibaneis tem marcado gol em cima de gol. É uma equipe vitoriosa e deve ser mantida em 2022.

 

Você vai trabalhar por isso? Tenho trabalhado para que este governo dê certo desde o primeiro dia que assumimos. Fizemos compromissos com o povo e estamos cumprindo todos. Antes de tudo, é preciso que a população valide nossos nomes como pessoas comprometidas com o Distrito Federal. O nome de um político deve ser colocado sempre com aval da população.

 

O Avante está bem contemplado na estrutura do governo? O Avante é um partido em ascensão. O Avante sai do pleito eleitoral de 2018 como uma das 21 siglas que atingiram a chamada cláusula de barreira. Com mais de 1,8 milhão de votos válidos, elegeu sete deputados federais e 15 estaduais em nove estados brasileiros e no Distrito Federal, onde elegemos os distritais João Cardoso e Reginaldo Sardinha. Nas últimas eleições, no ano passado, foi um dos partidos que mais cresceram. Como dizer que um partido que tem o segundo cargo mais importante do governo não está bem contemplado?

 

Acredita que Ibaneis pode ser candidato a um cargo nacional? Não sei. Mas preparado para isso, ele está!

 

A pandemia tem impedido avanços do governo? A pandemia impediu avanços não só no Distrito Federal, mas no mundo. As grandes economias mundiais sofreram com os efeitos da pandemia. Aqui no DF, estamos tendo grandes desafios, mas a responsabilidade e agilidade com que o governador Ibaneis tomou as providências fizeram com que a capital passasse pela primeira onda de forma um pouco mais amena do que outros Estados. Fomos a primeira unidade da Federação a fechar comércio e escolas. Depois, fomos reabrindo aos poucos, com responsabilidade. Temos cuidado, diuturnamente, para que não falte leitos de UTIs, nem atendimento à população. Abrimos hospital de campanha, hospital acoplado em Ceilândia. Estamos entre as cidades que mais estamos vacinando neste momento. E, mesmo durante a pandemia, as obras não pararam. Os projetos do governo não pararam. A economia girou. Com números menores do que o que queríamos, é fato, mas a economia do DF foi uma das poucas que apresentaram crescimento. A pandemia tem sido um desafio. Mas o governo está aí, justamente para isso, vencer desafios.

 

Qual a sua opinião sobre o governo Bolsonaro? Como todo governo, tem erros. Mas tem muitos mais acertos.


                  Ana Maria Campos – Coluna “Eixo Capital” – Correio Braziliense.



 


Nenhum comentário:

Postar um comentário